Sociedade da Terra Redonda e What The Bleep Do We Know?

Dia de citar cousas encontradas (nem tanto) por acaso na Internete.

Recomendação vai para uma visitinha no site da Sociedade da Terra Redonda.

Para encontrar pérolas como “A Igreja diz que a Terra é achatada, mas sei que ela é redonda, porque vi a sombra na Lua, e tenho mais fé numa sombra do que na igreja.” (Fernão de Magalhães), este é o lugar certo!

Como atestam logo na página inicial, a Sociedade da Terra Redonda é uma organização não-governamental brasileira fundada em 04 de Maio de 1999, que conta com três objetivos básicos:

* Defender os direitos dos Ateus na sociedade

* Advogar pela total e completa separação entre religião e governo

* Divulgar e promover o método científico e o pensamento crítico, as realizações e os avanços da ciência.

Impagável e imperdível!

A outra recomendação é uma visita breve ao site do filme “What The Bleep Do We Know“. Em primeiro lugar, assistam aos trailers, que já trarão uma luz sobre o que o filme trata. Em resumo, tem a proposta de ser um “novo tipo de filme”. Na sinopse, afirmam que é um filme parte documentário, parte história, parte um conjunto de elaboradas e inspiradoras animações e efeitos visuais. A protagonista Amanda encontra a si mesma em uma experiência a la Alice no País das Maravilhas em que sua vida aparentemente pouco interessante se tranforma, revelando um mundo incerto escondido atrás do que nós consideramos nossa realidade normal.

O filme conta com entrevistas com físicos, biologistas moleculares, médicos e místicos entremeados com a narração da trama de Amanda.

Dizem que esse filme, já premiado em uma série de festivais alternativos seria o pioneiro de uma tendência a conquistar lugar no cinema, de filmes feitos para pensar, aqueles em que o marketing do filme é o próprio questionamento que faz você indicar o filme apra um amigo para depois poder discutir com ele os significados do filme.

Bem, resta a curiosidade para saber quando “What The Bleep Do We Know” chegará às telonas brasileiras. Alguma aposta?

Um recado mais: caso alguém tenha me lincado nas últimas semanas (meses?) e eu não tenha retribuído a gentileza, por favor me avise que tratarei de corrigir esta lastimável falha (enquanto não estabeleço critérios específicos de lincagem, além dos blógues que gosto de visitar, linco também todos que me lincam).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *