Caldeirão de Sabores – o início

         Nesta nova fase de vida, inaugurada com a mudança para Araranguá, decidi que era hora de me dedicar mais a algumas coisas às quais amo fazer. Uma delas – e tenho certeza que compartilho desta paixão com muitas pessoas – é comer.

         Para comer bem, entretanto, há que se saber cozinhar bem (ou morar em uma cidade onde a gastronomia seja o ponto forte, o que não é o nosso caso). Minha esposa é craque em uma série de pratos, que me deixam com água na boca só de lembrar. Entretanto, nosso repertório é limitado, e eu gostaria muito de exercitar meu paladar com outras experiências culinárias.

         Desta forma, resolvi separar um dia da semana para cozinhar alguns pratos diferentes. Não necessariamente exóticos ou complicados, mas diferentes do feijão com arroz do dia-a-dia. Assim, como sou 87% adicto à blogagem, resolvi simultaneamente criar esta nova Seção do site voltada à apresentação de receitas e dicas culinárias.

         Nesta nova fase de vida, inaugurada com a mudança para Araranguá, decidi que era hora de me dedicar mais a algumas coisas às quais amo fazer. Uma delas – e tenho certeza que compartilho desta paixão com muitas pessoas – é comer.

         Para comer bem, entretanto, há que se saber cozinhar bem (ou morar em uma cidade onde a gastronomia seja o ponto forte, o que não é o nosso caso). Minha esposa é craque em uma série de pratos, que me deixam com água na boca só de lembrar. Entretanto, nosso repertório é limitado, e eu gostaria muito de exercitar meu paladar com outras experiências culinárias.

         Desta forma, resolvi separar um dia da semana para cozinhar alguns pratos diferentes. Não necessariamente exóticos ou complicados, mas diferentes do feijão com arroz do dia-a-dia. Assim, como sou 87% adicto à blogagem, resolvi simultaneamente criar esta nova Seção do site voltada à apresentação de receitas e dicas culinárias.

         Quero, entretanto, dividir o espaço com blogueiros e amigos que desejem apresentar uma ou outra receita “da vovó” que tenham guardado e que queiram compartilhar com os leitores desta Cozinha.

         O embrião desta idéia foi gerado durante uma visita ao amigo Allan Robert, que com sua receita de Frango ao pistache me trouxe uma vontade enorme de registrar algumas aventuras culinárias.

         Neste momento inicial, contaremos com receitas testadas pessoalmente  por mim e minha esposa e por receitas sugeridas por blogueiros convidados. Eventualmente, algumas receitas retiradas de livros de receitas serão também incluídas, mesmo antes de devidamente testadas. Se você tem uma receita imperdível para compartilhar. Fique à vontade para enviar um e-mail com sua receita ou deixar um comentário, que entrarei em contato para receber sua receita. O Caldeirão de Sabores começa na próxima terça-feira.

4 thoughts on “Caldeirão de Sabores – o início

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *