Estudos Sobre Filosofia Oriental – a motivação

    O mundo anda muito rápido. A comida não tem mais gosto – não nos damos tempo para apreciá-la. A amizade passa pelo interesse. As máscaras engrossam cada vez mais o rosto e os atos das pessoas. Competição no lugar de cooperação. Indivíduo em vez de coletivo.

    Por isso e muito mais, preciso me voltar para onde acho que terei respostas para minhas angústias. É por isso que começo por onde mais gosto: pela leitura. A leitura, provavelmente me conduzirá à prática. Esta novamente me conduzirá a novas leituras e novas práticas, em uma espiral crescente de desenvolvimento e serenidade para enfrentar o mundo que nos cerca. Assim espero.

    Cada vez que tiver algum texto significativo oriundo dos meus Estudos Sobre a Filosofia Oriental, incluirei aqui, nesta Categoria. Sugestões de leitura são muito bem-vindas. 

Por favor siga-me e curta nos seguintes links::

6 thoughts on “Estudos Sobre Filosofia Oriental – a motivação

  1. mary lucy cardoso rezende says:

    É justamente por que o mundo esta girando muito rapidamente é que temos o dever/obrigação de pensarmos e vivermos coletivamente… sozinhos nada somos … mas grandes blocos, quem sabe pode fazer toda a diferença. Penso, ainda que “LER É O MELHOR REMÉDIO”.

  2. Quando gira o mundo e alguém chega ao fu
    É justamente isso: existe sempre mais de um ponto de vista: enquanto uns percebem a “velocidade” das coisas como uma necessidade de mais competição, outros – como nós – percebem isso como um sinal de alerta, como uma aceleração do caminho para o precipício ali à frente.

    Existem momentos em que, em vez de acelerar ainda mais, precisamos reduzir – ou até parar – e mudar o rumo que estamos seguindo.

  3. Dio Santo!!!
    Mas isso aqui está chique demais!

    Ficou lindo, Rafael!

    Beijos javascript:ac_smilie(‘:D’)
    javascript:ac_smilie(‘:D’)

  4. Metamorfoses da vida
    Que mudança de visual, hein? O conteúdo nem se fala… Tudo de bom!

    Cada dia que passa você vai modificando uma coisa aqui, outra ali nesse seu espaço virtual exatamente para acompanhar e se adaptar a essas andanças do mundo.

    Na minha correria de vida, não passo aqui como gostaria, mas a cada nova visita ainda consigo me surpreender com as suas peripécias nesse blogverso…

    Realmente, meu amigo, temos que buscar respostas em algum lugar para essas metamorfoses da vida e a filosofia oriental tem o poder de nos fazer encarar o problema de forma equilibrada, sem tropeços, respeitando o tempo e o espaço. Tudo tem o seu tempo e lugar na natureza. É uma pena que o homem não se dê conta disso.

    Parabéns por esse eclético espaço!

    Tenha uma semana de paz.
    Beijão

  5. ANITA ERUCCI says:

    PARABÉNS RAFAEL
    Descobri seu site hoje, buscando saber sobre Filosofia Oriental; estou cursando “Tecnico em Nauropatia” que pretendo agregar ao coach, e achei interessantissimo
    a sua criação de redes comunitárias. como eu poderia colaborar? seria muito gratificante.Sucesso em seus projetos…Aguardo seu retorno /Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *