Monthly Archives: março 2008

Mar 19

Ajuda eu, tio?

By Rafael Reinehr | Só observando...

Diariamente, recebo uma multidão de e-mails pedindo ajuda, esclarecimentos, dicas, orientações médicas, espirituais, financeiras de todos os cantos do país.

Creio que isso seja o resultado de duas condutas:

1 – Escrever um blog genérico, sem nicho ou foco definido

2 – Disponibilizar uma área de "Atendimento ao Leitor"

Como médico, estou impossibilitado de realizar consultas médicas através de meios de comunicação de massa, sendo a internet um destes meios. Nada me impede de escrever artigos sobre temas médicos e de saúde, mas não posso atender casos específicos, muito menos recomendar o uso de medicações.

Deviso ao meu bom posicionamento no Google, recebo questionamentos diários acerca da medicação Rimonabant, sobre obesidade, acerca de hipertireoidismo e acerca de deficiência do crescimento. De uma vez por todas: consulte um endocrinologista, ao vivo e a cores, em sua cidade!

De tempos em tempos recebo mensagens como a de hoje:

"Autor: marcela
Titulo: Me ajudem
Comentário: Estou fazendo um trabalho sobre filosofia na escola e gostaria de saber se alguem pode me ajudar mandando para o meu e-mail a resposta . A pergunta é : O que é um raciocínio argumentativo ? Dê exemplos :"

Marcela, raciocínio é tudo de que você precisa antes de deixar um pedido assim em um blog. Por acaso seu professor não lhe deixou um livro-texto onde pudesse procurar a resposta? Não existe biblioteca em sua escola? Ademais, por curiosidade, sabendo fazer uma boa pesquisa no Google, você encontra a resposta em 30 segundos. Há que se ter tanta preguiça?

Para onde vamos? Este mundo está perdido…

Jussara
Mar 17

Criciúma Open 2008

By Rafael Reinehr | Tênis

JussaraEste fim-de-semana foi diferente dos habituais para Carol e eu. Participei do Criciúma Open, torneio de tênis que aconteceu no Criciúma Clube neste sábado e domingo. Foi uma experiência interessante, para um cara que recomeçou a jogar tênis há menos de 5 meses, depois de mais de 14 anos parado.

Na sexta-feira foram 2 jogos, o primeiro com o filho de um professor de tênis do Mampituba Tênis Clube. Comecei todo trêmulo e inseguro. Comecei perdendo para o jovem atleta, mas me recuperei e ganhei os 2 sets. O segundo jogo foi uma pedreira, cheguei a estar perdendo o primeiro set por 4 a 2 e virei para 6-4 e ganhei o segundo por 6-3.

No fim do dia estava quebrado. Cheguei em casa e fui direto deitar. Isso nunca acontece. Sempre vou para a internet ou assistir à TV ou ler um livro. Estava morto.

Vejam as fotos clicando no Leia Mais.

 

Continue lendo

Ilha
Mar 14

Eu vivo em uma ilha

By Rafael Reinehr | Nonsense

IlhaVocê já sentiu como se vivesse em uma ilha, mesmo cercado de pessoas e acontecimentos ao seu redor mas como se, mesmo assim, permanecesse isolado por um mar de ruído na sua comunicação com o mundo?

 

Por vezes, me sinto assim. Dialogar com pessoas burras sempre gera esta sensação. E pessoas burras na internet é o que mais há.

 

Participo de uma lista de discussão (na verdade mais escuto do que participo) chamada Blogosfera, onde se reúnem três ou quatro pessoas interessantes e uma multidão de semi-analfabetos, incapazes de compreender a diferença entre o zunido de uma cigarra e de uma abelha.

 

Desde já, quero colocar-me em minha devida posição: não estou fazendo uma análise “de cima” da situação. Tenho minhas limitações e as conheço razoavelmente. O que acontece é que, na referida lista – que na verdade é uma metáfora do mundo – um acúmulo grotesco de figuras arrogantes e com desejo de se passarem por pândegos dançam em círculos sobre seus umbigos e em torno de umbigos alheios sem, no entanto, produzir qualquer conteúdo original ou relevante.

 

Poderiam me dizer, então, “Qual é a tua mermão? Ficar malhando defunto e passando a mão por baixo da saia da viúva?”

 

Continue lendo

Pinoles
Mar 10

Pinoles e as receitas vegetarianas

By Rafael Reinehr | Veganos & Vegetarianos

PinolesHoje acordei com uma vontade de cuidar mais da saúde. Da minha, fique bem claro, já que acordo todos os dias para cuidar da saúde dos outros.

Já no consultório, pedi pra Carol trazer quando para cá viesse um livro de receitas vegetarianas que temos mas, por ora, ainda andava meio deixado de lado. Vamos dar trabalho para suas folhas e fazer suas receitas tomarem vida.

Para a estréia, escolhi nada mais nada menos que um Pilaff com Açafrão e Nozes Picadas, servido na companhia de iogurte natural. Nada mais simples, não?

Er, bem… não! Na receita, dois ingredientes que não encontro facilmente aqui em Araranguá: pinoles e açafrão. Estou falando dos pistilos do açafrão, não da curcuma, aquele assim chamado açafrão-da-terra, encontrado em pó em qualquer supermercado.

Resumo da história: liguei para a Banca 43 do Mercado Público de Porto Alegre e pedi uma Delivery. Como a Carol está em Porto Alegre hoje, deve já ter recebido em mãos há cerca de meia hora os 150g de pinoles que pedi. O açafrão eu já tenho em casa, da última vez que fui na Banca do Holandês, no mesmo Mercado Público.

Quer saber outros ingredientes da receita? Gengibre, cogumelos, caldo de legumes, arroz fino e comprido, alho, cebola, azeite de oliva, pimenta preta e nozes, com uma salsinha para arrematar. Quando tiver feito o prato, coloco a receita completa aqui, assim como algumas fotos.

Na foto, os deliciosos pinoles, comprados no Mercado Público pela bagatela de 200 pilas o quilo.

Bolas de tênis
Mar 07

Cheiro de casa nova chegando e Federação Catarinenes de Tênis

By Rafael Reinehr | Cotidianices

Bolas de tênisOntem recebi a informação da corretora que nos vendeu a casa para a qual estamos mudando que, provavelmente na próxima semana, a casa já estará livre para que possamos nos "apossar" dela!

Hora de contatar o serviço de mudanças, encaixotar livros (haja caixas!), CDs (haja caixas!) e lembranças (haja caixas!) e mudar para um local no qual, mui provavelmente, passaremos os próximos 20 anos de vida. Sei, sei… o futuro é incerto, mas… …bem, é esta impressão que tenho.

A reforma da casa fica para daqui a mais um par de anos. Começaremos a fazer pequenas mudanças no pátio, jardim. Plantaremos mais árvores frutíferas e ornamentais, cercas-vivas e coisas assim. Daqui a alguns anos reforma da cozinha, da sala de estar, do banheiro da suíte… Logo mais um home theater, escritório com biblioteca…

Ah, essa perspectiva de pequenas arrumações me deixa feliz. Construir a vida aos poucos, sabendo do esforço de cada conquista. Nada caiu do céu para mim e para Carol. Muito esforço há envolvido nesta aquisição. São pelo menos 9 horas de trabalho por dia brigando com o desejo de blogar e internetear… Ainda assim, posso dizer que consigo uma relativa harmonia nas escolhas que faço para meu dia-a-dia.

Hoje também estou me federando na Federação Catarinense de Tênis, para passar a participar dos campeonatos da Federação (é claro, em suas classes iniciais). Êta esporte gostoso! Amanhã, jogo às 8 da manhã com o Calegari e das 16 às 18 com o amigo Rafael Bunn. Duas pedreiras. Sempre aprendendo e apreendendo.