Monthly Archives: novembro 2009

grenal
Nov 29

O Internacional só depende do Rio Grande

By Rafael Reinehr | Futebol

Com os resultados da rodada de hoje do Campeonato Brasileiro, a penúltima, o Sport Club Internacional só depende de si e do arquirival Grêmio para conquistar o título do Campeonato. O Internacional encontra-se 2 pontos atrás do líder, Flamengo e este por sua vez, enfrenta o Grêmio na derradeira rodada, no próximo domingo. No caso de uma vitória do Internacional e uma vitória do Grêmio, o Internacional toma o primeiro lugar do Flamengo e sagra-se campeão.

Agora, uma pergunta: é possível imaginar o Grêmio ajudando o Colorado? Haverá algum esforço por parte da equipe gremista, cuja vitória não é motivada por nenhum tipo de classificação para Copa ou Campeonato em especial, pela posição que hoje encontra-se na tabela? Gostaria de saber esta resposta, mas gostaria de acreditar que este título possa ficar no Sul, como resultado do trabalho conjunto da dupla Gre-Nal.

grenal

Nov 25

Equivalência de Pesos e Medidas: Como Medir, Como Pesar, Quanto vale uma Colher de chá, de sopa, uma Xícara…

By Rafael Reinehr | Cinto de Utilidades

PASSO A PASSO

1 Afofe e peneire ingredientes secos como farinhas, açúcar e outros, antes de serem medidos. Coloque-os cuidadosamente no recipiente de medida, sem serem medidos. Coloque-os cuidosamente no recipiente de medida, sem serem comprimidos ou sacudidos.

2 Coloque o recipiente para medir ingredientes líquidos sobre uma superfície reta e verifique o nível na altura da vista.

3 Retire da Geladeira com antecedência as gorduras sólidas como manteigas, margarinas, banhas e outras, para que sejam medidas na temperatura ambiente. Coloque no recipiente de medida, apertando para que não fiquem buracos vazios ou bolhas de ar.

 

Pesos e Medidas
1 Litro
4 copos americanos
1000 ml
1 Xícara
16 colheres (sopa)
240 ml
1 Colher (sopa)
3 colheres (chá)
15 ml
1 Colher (chá)
1/3 colher (sopa)
5 ml

Ingredientes (1 Xícara de chá)
Peso
Açúcar 160 g
Araruta 150 g
Arroz cru 210 g
Amêndoas, nozes e castanhas. 140 g
Aveia 80 g
Banha 230 g
Chocolate em pó 90 g
Coco seco ralado 80 g
Farinha de mandioca 150 g
Farinha de rosca 80 g
Farinha de Trigo 120 g
Fubá 120g
Maisena 150 g
Manteiga 230 g
Mel 300 g
Polvilho 150 g
Queijo ralado 80 g
Uva Passa 140 g

Equivalências (g)
1 litro equivale a 6 xícaras(chá) ou 4 copos
1 garrafa equivale a 3 e ½ xícaras(chá) ou 2 e ½ copos
1 copo de água comum equivale a 250 g
1 prato fundo nivelado equivale a 200 g
1 xícara (chá) de liquido equivale a 150 g ou 20 colheres (sopa)
1 xícara de chá rasa de açúcar equivale a 120 gramas
¼ xícara de chá de liquido equivale a 5 colheres (sopa)
1/3 xícara de chá de liquido equivale a 6 colheres (sopa)
1/2 xícara de chá de liquido equivale a 10 colheres (sopa)
2/3 xícara de chá de liquido equivale a 12 colheres (sopa)
¾ xícara de chá de liquido equivale a 15 colheres (sopa)
1 cálice equivale a 9 colheres de sopa de liquido
1 quilo equivale a 5 e ¾ Xícaras de chá
250 g de manteiga equivale a 1 e ¼ Xícara de chá
¼ de xícara de chá de manteiga ou margarina equivale a 4 colheres de sopa
1 xícara de chá de amendoim torrado equivale a 140 gramas
1 xícara de chá de farinha de rosca equivale a 150 gramas
1 colher se sopa de farinha de rosca equivale a 11 gramas
1 xícara de chá de coco ralado seco equivale a 75 gramas
1 xícara de chá de óleo equivale a 170 gramas
1 colher de sopa de óleo equivale a 10 gramas
1 colher se sopa de sal equivale a 13 gramas
1 colher de chá de sal equivale a 5 gramas
1 colher de sopa de fermento em pó equivale a 12 gramas
1 colher de chá de fermento em pó equivale a 5 gramas
1 xícara de chá de maisena equivale a 120 gramas
1 colher de sopa de maisena equivale a 8 gramas
1 colher de chá de maisena equivale a 2 gramas
1 pitada é o tanto que se pode segurar entre as pontas de dois dedos ou 1/8 de colher

Líquidos(leite, água, óleo, bebidas alcoólicas, café, etc.) (ml)
1 Xícara 240 ml
½ xícara 120 ml
1/3 xícara 80 ml
¼ xícara 60 ml
1 colher sopa 15 ml
1 colher chá 5 ml

Chocolate em pó(cacau em pó)
1 Xícara 90 g
½ xícara 45 g
1/3 xícara 30 g
¼ xícara 20 g
1 colher sopa 6 g

Manteiga(margarina e gordura vegetal)
1 xícara 200 g
½ xícara 100g
1/3 xícara 65 g
¼ xícara 16g
1 colher de sopa 20 g

Açúcar
1 Xícara 180 g
½ xícara 90 g
1/3 xícara 60 g
¼ xícara 45 g
1 colher sopa 12 g
1 colher de chá 4 g

Farinha de trigo
1 Xícara 120 g
½ xícara 60 g
1/3 xícara 40 g
¼ xícara 30g
1 colher de sopa 10 g
1 colher de chá 3 g
Nov 25

Economia Profunda, Fortaleza, Amizade e Felicidade

By Rafael Reinehr | Nonsense

É tão bom escrever em uma tela de 21 polegadas, sentado em uma cadeira confortável, em uma sala climatizada, com boas perspectivas para o futuro e com atucanações que, em geral, são resolvidas a contento…

Apesar da grande carga de trabalho, tenho conseguido ler bastante. Tenho aproveitado horários de almoço, intervalos de consulta, momentos de viagens, idas ao banheiro… Uma das minhas leituras mais recentes, Deep Economy – The Wealth of Communities and The Durable Future, de Bill McKibben, aprofundou meus próprios insights sobre o mundo, o consumo e a sustentabilidade de nossas maneiras e de nossa Natureza.  É um livro que fornece exemplos suficientes sobre o que é, e sobre como deveria e poderia ser o mundo se fizessemos escolhas diferentes (melhores) do que as atuais.

Apesar de certamente não me encaixar entre as pessoas mais consumistas da face da terra, tenho sim um desejo de conforto e de extrair prazer dos frutos do trabalho (dinheiro) que, de sol a sol (ou no caso, de fluorescente compacta a fluorescente compacta) tenho colhido.

A noção de pegada ecológica já me é familiar há um bom tempo, e creio que seja extremamente válida para avaliar nossa relação com o mundo. Saber se tiramos mais ou se repomos mais (é raríssimo encontrar um ocidental que repõe mais do que tira da Natureza). É importante saber o impacto que temos e também é importante saber se somos ou não afetados moralmente pelo impacto que causamos. Posso dizer, sem medo, que gosto mais das pessoas que se importam. Pessoas que, com humildade, reconhecem que poderiam estar fazendo melhor. Tento me afastar das que não reconhecem o fato de que estamos todos conectados e que hábitos somente “extrativistas” (tirar do meio sem se preocupar em repor) tendem a extinguir o que conhecemos como natural e, em muitos casos, levam à extinsão de possibilidades, biodisponibilidades e biodiversidades.

Mas o papo é longo. Vim aqui só pra dizer que voltei, em meio a um delicioso Congresso da Sociedade Brasileira de Diabetes em Fortaleza e à confecção de meu livro sobre Qualidade de Vida, Bem-Estar e Felicidade, por aqui darei as caras de quando em vez. Semanalmente pelo menos, assim espero.

E estou com saudades dos amigos leitores e blogueiros. Não pensem que este que vos fala não se lembra de cada um que comentou aqui recentemente ou mesmo em tempos idos. Estão todos guardados no meu coração e na minha memória.

Nov 14

Psicogeografia

By Rafael Reinehr | Definiçoes e Significados

Psicogeografia é o estudo dos efeitos exatos do meio geográfico, conscientemente planejado ou nao, que agem diretamente sobre o comportamento afetivo dos individuos.

Muito alem da definiçao acima, dada pela Internacional Situacionista em sua ediçao de numero 01, em junho de 1958, decidi, por ora, abandonar as convençoes da Lingua Portuguesa nesse weblog. Vou acentuar eventualmente, outras vou deixar passar em branco. Motivo: a psicogeografia do teclado do meu Mac e o momento que estou vivendo.

Ando sem saco para prestar atençao a detalhes que nao atrapalhem a compreensao do que esta sendo dito. Entao, combinado esta: voce nao se preocupa com a acentuacao (e com outras excentricidades) que deverao aparecer em breve) e estaremos bem.

taliban
Nov 08

O Taliban está chegando no Brasil: uma breve análise do caso Uniban

By Rafael Reinehr | O Mundo às Avessas

talibanEstamos vivendo um momento negro na História da Mídia Instituída no Brasil, atrelado a um momento de trevas na educação brasileira. Enquanto a Rede Globo segue com seu noticiário esquizofrênico, lançando notícias sem aprofundar a discussão em torno de assuntos relevantes e que necessitam maior esclarecimento, a Universidade Bandeirante toma uma decisão que envergonha qualquer cidadão brasileiro que respeite, senão a liberdade individual ao menos a Constituição Brasileira, no momento em que decide expulsar a estudante Geysi Arruda.

Para quem está por fora da notícia, a estudante compareceu com uma minissaia à faculdade e, causando furor aos demais estudantes, foi rechaçada verbalmente por um grupo de alunos, causando sua saída forçada do recinto, de forma humilhante. A Uniban, neste domingo dia 8 decidiu “retirá-la” “do quadro discente da instituição, em razão do flagrante desrespeito aos princípios éticos, à dignidade acadêmica e à moralidade”.

O resultado de uma “sindicância” (nome bonito para uma fogueira inquisitória) foi o seguinte: “foi constatado que a atitude provocativa da aluna buscou chamar a atenção para si por conta de gestos e modos de se expressar, o que resultou numa reação coletiva de defesa do ambiente escolar”.

Ou seja: vamos expulsar a pessoa que não se comporta de acordo com normas (absurdas) estabelecidas (e que não estão escritas em lugar algum).

A foto abaixo mostra algumas alunas da Uniban que participaram das críticas à vestimenta da menina Geysi e o vídeo mais abaixo mostra um dia típico na cantina da Universidade.

burka
Alunas da Uniban em protesto à vestimenta da aluna Geysi Arruda no último dia 22 de outubro

 

 


Alunos da Uniban em um típico almoço na cantina, comendo macarrão

Quer opinar? O espaço abaixo é livre, desde que expresse opiniões fundamentadas sem palavras de baixo calão ou agressões gratuitas, como expulsões arbitrárias, por exemplo.

Mais uma leitura sobre o assunto: Veja o que fala o Tsavkko

Para quem deseja ir mais além: ABAIXO ASSINADO CONTRA A UNIBAN

Para:  UNIBAN (Universidade Bandeirantes)
Os subscritores abaixo vem manifestar total repúdio à postura da UNIBAN, unidade São Bernardo do Campo/SP, ao optar pela expulsão da estudante Geisy Arruda por ela ter, supostamente, usado vestimenta que atentou à moral e bons costumes (veja reportagem sobre o assunto em http://bit.ly/I2OX2 e http://bit.ly/2UJsS)

Não obstante a autonomia da entidade de ensino em elaborar regras disciplinares para o corpo discente, a postura da entidade demonstra perfil autoritário e contrário às conquistas dos Direitos e Garantias Individuais do cidadão, o que não coaduna com a atitude esperada de entidade privada que possui a delegação de obrigação de serviços públicos, devendo, portanto, estar sujeita aos mesmos compromissos éticos da Administração Pública.

O ambiente universitário deve pautar-se pela debate amplo e defesa incondicional da liberdade de seus alunos, obrigando-se a repelir de forma imediata qualquer intenção de atentado à dignidade da pessoa ou outras formas de humilhação, como é o caso em que se viu envolvida a aluna Geisy. Ademais, a nota de esclarecimento sobre a infeliz expulsão somente confirma a conduta preconceituosa da universidade que, no mínimo, está ausente de moralidade.

A expulsão envergonha os subscritores desse manifesto, e coloca em cheque os princípios basilares do Estado Democrático de Direito. Portanto, deve ser registrado que a opção da Uniban é fato isolado e contraria a todos nós.

Desejamos que fatos como esse sejam sempre lembrados como exemplos de involução cultural da sociedade, para que nunca mais se repitam.
Sincerely,
The Undersigned

ASSINEM!