Monthly Archives: março 2010

Mar 28

The Golden Feast – Roy Walker (1952)

By Rafael Reinehr | Apontamentos Anarquistas

Na Idade de Ouro de Hesíodo, uma mente tranquila, ao invés de um alto padrão de vida material, era o mais alto bem a se possuir. Liberdade da labuta, mais tarde celebrada, expressa pelo lugar harmonioso do homem na ordem natural, em contraste à nossa guerra pelo solo, animais e árvores. Uma vida longa, livre de violência e doenças é tão natural à Idade de Ouro quanto a abundância de frutas das quais a espécie humana então se nutria. Todas as coisas são compartilhadas. Todos os homens são livres.

Nós temos resquícios modernos para todas essas qualidades: pacifismo, vegetarianismo, comutarianismo, anarquismo, conservação do solo, agricultura orgânica, preservação das matas, cura da natureza, ecovilas, economia solidária…

Mar 26

Howard Gardner, sobre Educação e Engajamento

By Rafael Reinehr | Entre Aspas

“Você não pode tornar as pessoas criativas, mas nós certamente sabemos como evitá-lo. Não espere por financiamento, a política começa em uma classe, em uma escola, em uma comunidade. Você nunca vence na política. Construa uma democracia cívica. Quando você tiver uma comunidade dedicada, com continuidade, ela pode durar para sempre. Junto com os pais, os professores são as pessoas que os jovens mais confiam. Se você fizer bem o seu trabalho, sua influência perdurará anos depois que você se for”.

Mar 23

Moedas Complementares: uma necessidade premente

By Rafael Reinehr | Economia

O Laboratório Online sobre Moedas Complementares do Japão elaborou uma apresentação na qual expõe, de forma didática, as principais razões e os principais modelos de moedas complementares a serem instituídos nas comunidades e nações, a fim de tornar a economia mais sólida, solidária e independente de especulações financeiras. Acompanhe abaixo.

corporation-chato
Mar 20

A Corporação, do Chato

By Rafael Reinehr | Presentes e Mimos

O que significa a imagem abaixo?

corporation-chato

Dois DVDs-R, com o título “A Corporação”- disco 1 e disco 2 , sobre uma tela branca e uma carta no canto superior direito…

Muito mais do que os objetos, esta é a verdadeira riqueza da amizade: uma comunicação carinhosa de alguém que, ao assistir um filme, lembra-se de nós e quer compartilhar seu sentimento.

Assisti “A Corporação” em 2006, se não me engano, e é um filme necessário para entender a corporatocracia moderna. Não o tinha em casa, agora ficarei feliz em lhe dar um local de destaque em minha DVDteca, graças ao amigo Luiz Afonso.

Por falar em presentes e mimos, tem mais uma do Afonso, da Kaya e da Condessa que terei que entregar, mas essa fica pra depois, pois vou ficar sem luz (novamente).

(PS: estava demorando para fazer esta postagem para verificar se não surgiam sintomas de contaminação por anthrax. – hahahaha, piada interna)

educar
Mar 18

Por uma “Lei Cleber”…, por José Pacheco

By Rafael Reinehr | Saúde da Sociedade

educarHoje o educador e professor José Pacheco gentil e libertariamente compartilhou conosco suas impresões sobre o Caso Cleber, um “estupicídio” legal que condenou os pais de dois garotos que decidiram evitar que seus filhos tivéssem uma péssima educação formal para educá-los em casa, com métodos bem estabelecidos de homeschooling.

Os meninos, que aos 13 anos passaram no vestibular, demonstram não só conhecimento mas sensibilidade e sociabilidade acima da média, resultado de um carinho e atenção que mui improvavelmente qualquer escola tradicional pode fornecer.

O professor Pacheco foi entrevistado pela Folha de São Paulo por telefone, e a mesma publicou apenas uma versão resumida da sua fala, o que acabou por distorcer o que ele gostaria de dizer. A seguir, NÃO PUBLICOU o texto completo escrito pelo professor, onde este expunha seu ponto-de-vista sobre o caso. Falando com ele na Conferência Internacional de Redes Sociais, este doce de homem, extremamente inteligente e sagaz – além de muito bem-humorado (quem o conhece sabe) – gentilmente permitiu que seu texto – rejeitado pela Folha – INÉDITO fosse publicado pel’O Pensador Selvagem, e o mesmo pode ser visto aqui: Por uma Lei Cleber.

ricino

Mar 17

Compro Terrenos de 3 a 20 hectares na região de Araranguá, Turvo, Meleiro, Maracajá, Praia Grande, Timbé do Sul, Jacinto Machado, Sombrio…

By Rafael Reinehr | Anuncie

Estou à procura de terrenos (área rural) de 3 a 20 hectares na região de Araranguá, Turvo, Meleiro, Maracajá, Praia Grande, Timbé do Sul, Jacinto Machado, Sombrio… Os terrenos não precisam ser planos (podem ser algo inclinados) mas não devem ser área de reserva florestal.

Paga-se conforme preço de mercado. Entre em contato através do formulário de contato acima ou no link a seguir: http://reinehr.org/contato/contacts/rafael-reinehr

Mar 09

Prêmio Objetivo do Milênio Brasil 2010 – eis as 20 práticas vencedoras

By Rafael Reinehr | Saúde da Sociedade

Nesta quinta-feira (25) foram definidas as 20 práticas pelos Objetivos do Milênio de prefeituras e organizações da sociedade civil vencedoras da 3ª edição do Prêmio ODM Brasil. São as seguintes:

Organizações
– Associação A Nossa Família (AP)
Prática: Promovendo a vida e o desenvolvimento saudável, da cidade de Santana (AP)

Associação Ateliê de Ideias (ES)
Prática: Planejamento estratégico comunitário – Plano Bem Maior, de Vitória (ES)

Associação Recreativa de Solonópole (CE)
Prática: Animadores comunitários – ação voluntária que faz a diferença, de Solonópole (CE)

Centro de Educação Popular e Formação Social / CEPFS (PB)
Prática: Convivência com a realidade semiárida, promovendo o acesso à água, solidariedade e cidadania, de Teixeira (PB)

– Colônia dos Pescadores Z4 (AM)
Prática: Pesca de peixes em rios e lagos (DRS Pesca de Captura ou Extração), de Tefé (AM)

– Consórcio Regional de Promoção da Cidadania: Mulheres das Gerais (MG)
Prática: Juventude fazendo gênero, de Belo Horizonte (MG)

– Grupo Cultural Arte Consciente (BA)
Prática: Arte-educação, de Salvador (BA)

Movimento de Organização Comunitária (BA)
Prática: Baú de Leitura, de Feira de Santana (BA)

– Pólo de Proteção da Biodiversidade e Uso Sustentável dos Recursos Naturais – Poloprobio (AC)
Prática: Encauchados de vegetais da Amazônia, de Rio Branco (AC).

Prefeituras
– Prefeitura de Belo Horizonte (MG)
Prática: Programa Abastecer

– Prefeitura de Boa Vista (RR)
Prática: Programa Municipal de Saúde Indígena

– Prefeitura de Boa Vista (RR)
Prática: Projeto Estufa

– Prefeitura de Caculé (BA)
Prática: Coleta seletiva de materiais recicláveis

– Prefeitura de Campinas (SP)
Prática: Nave Mãe

– Prefeitura de Curitiba (PR)
Prática: Rede Municipal de bibliotecas escolares de Curitiba

– Prefeitura de Novo Repartimento (PA)
Prática: Sustentabilidade ambiental através do cultivo de cacau, pelo SAF

– Prefeitura de Orós (CE)
Prática: Cozinha Comunitária – Nutrição à Mesa

– Prefeitura de Osasco (SP)
Prática: Vigilância da Criança com risco de mortalidade

– Prefeitura de Osasco (SP)
Prática: Recuperação de Minas e Nascentes.

– Prefeitura de Penápolis (SP)
Prática: Agricultura Urbana

Premiação
As práticas vencedores receberão, no próximo dia 24 de março, das mãos do Presidente da República, certificados que comprovam a contribuição dos projetos sociais premiados para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). A solenidade de premiação será no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília-DF.

Nesta terceira edição, o Prêmio recebeu 1.477 práticas inscritas, sendo 785 de organizações da sociedade civil e 692 de governos municipais. Os projetos foram avaliados por um comitê técnico de especialistas nos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), com base nos seguintes critérios:
. contribuição para o alcance dos ODM;
. impacto no público atendido;
. participação da comunidade;
. existência de parcerias;
. potencial de replicabilidade; e
. complementaridade e/ou articulação com outras políticas públicas.

A análise das melhores práticas foi realizada durante encontro realizado na Escola Nacional de Administração Pública (Enap). A escolha dos premiados foi feita por um júri especial, integrado por:
. Antonio Claret Campos Filho,
. Carlos Alberto Ribeiro de Xavier,
. Carlos Afonso Nobre,
. Cristina de Fátima Guimarães,
. Eduardo Gutierrez,
. Givânia Maria da Silva,
. Ladislau Dowbor,
. Lúcia Klück Stumpf,
. Nina Madsen,
. Pedro Chequer,
. Pérsio Marco Antonio Davison e
. Vítor Seravalli.

(via lista [pesca-brasil])

A propósito: os vencedores somos todos nós, enquanto sociedade.