Receitas caseiras de Desodorantes, Xampus, Sabonetes, Pasta de Dente e outros produtos de higiene pessoal

No dia 23 de janeiro, fiz uma postagem no facebook conclamando amigos e conhecidos a compartilharem comigo algumas dicas de higiene pessoal feitas em casa e naturais. A mensagem foi a que segue:

Amigos – Estou na busca de mudar todos meus produtos de higiene para produtos feitos em casa ou tão naturais quanto possível.
Posso contar com vossa ajuda para indicar sites, receitas, lojas em todo Brasil que vendam substratos para quem quer fazer em casa e também já prontos?
Falo de pasta de dentes, sabonetes, desodorantes, perfumes, etc. Shampoo já não uso mais, uso o Sempu
Além disso, vou registrar estes pontos de distribuição e algumas receitas e fazer um pequeno guia em .pdf e depois distribuir por aqui e em outras mídias. Vambora?

sabonetes2

Foto de Sachi – https://supasoap.wordpress.com/ – (CC BY-NC-SA 2.5 BR)

A resposta que obtive foi supimpa! Em poucos dias pipocaram várias referências, que cito abaixo, somadas às que eu já havia compilado em 2013 para o grupo Higiene > DIY Faça Você Mesmo > Aprendizagem da Coolmeia. Enquanto isso, ganho tempo para criar o “pequeno guia em .pdf”, com receitas e referências, ao qual me comprometi.

Sabonetes:

Xampus:

Pasta de dentes:

Desodorantes:

Óleo hidratante pós-banho:

Cuidados de higiene em geral:

Produtos naturais em geral:

cosmeticos-naturais

Rica participação da Giselle Zambiazzi, que compartilhou uma série de receitas bem práticas, simples e eficientes. Vejam o que ela disse:

“Em dezembro fiz um minicurso num encontro de permacultura que ensinou várias receititas rápidas para fazer tudo em casa. Bem, ensinamento número 1: bicarbonato de sódio é o segredo pra tudo. Ele serve pra quase tudo o que a gente precisa. Só precisa saber dosar pra equilibrar com as necessidades do seu corpo, teu PH, tua oleosidade, etc. e isso se descobre ao longo do uso e da experimentação. Vou escrever ali embaixo as receitas-base e o resto pode ir adaptando.

Xampu: Água, bicarbonato de sódio numa proporção a 10%. Aham… é só isso. Aí (ideia minha) dá pra acrescentar coisas como um chá que tenha a ver com a necessidade do seu cabelo seja pra dar cheirinho ou pra equilibrar. Lembrando que a dosagem do bicarbonato será aumentada ou diminuída conforme seu corpo responder. Uso: passe a solução no seu cabelo e deixe agir enquanto lava as outras partes do seu corpo. Pode acrescentar pó de juá pra fazer espuma, se quiser.

Condicionador: 90ml de vinagre de maçã e 10ml de azeite de oliva. É legal acondicionar num vidro escuro pra não reagir com a luz, se for possível. E também é bom fazer pouco de cada vez pra não estragar.

Desodorante: 100ml de óleo de coco, 1 colher de chá de bicarbonato de sódio, cravo “a gosto”

Pó dental: 2 colheres de argila branca, uma colher de canela e uma colher de bicarbonado de sódio. Não molhe a escova. Encosta até ficar um tantinho grudadinho e esfrega, esfrega, esfrega. Não precisa enxaguar se não quiser. Cuidado com a reação que algumas pessoas acabam tendo o esmalte prejudicado. É preciso ir equilibrando as dosagens, não esfregar com força, usar escova macia. Dá pra acrescentar hortelã na mistura. Essa dica é minha: óleo de girassol é um potentíssimo antisséptico bucal. Faz um bochecho diário de 10 a 15 minutos e cospe na privada porque ele sai contaminado. Eu já usei e mais do que recomendo. Chá de arruda (bochecho) é poderoso também pra limpar a boca e combater mau hálito.

Esfoliante facial e corporal: pó de café. Aquele que você usou para fazer seu cafezinho matinal, sabe? Então… pega ele e mistura com mel. Mistura uma proporção que fique uma bolinha, uma massinha, Pronto. É só passar, deixar agir um pouco e lavar.

Enxaguante bucal: vinagre de maçã, cravo e canela. Pode ser usado depois da escovação com a argila branca.”

E olha a dica da Danusia Peterle:

“Desodorante utilizo “leite de magnésia”, super fácil colocar na embalagem roll-on de qualquer outro desodorante (higienizando bem esses frascos)”

A Luciane Martins Monteiro compartilhou essa receita de Sabonete caseiro de alecrim:

INGREDIENTES

300 mL de azeite de oliva
175 mL de óleo de coco
120 mL de água
60 g de soda cáustica 99%
1 colher (sopa) de argila verde
Meia colher (sopa) de espirulina
1 colher (sopa) de farelo de aveia
30 gotas de óleo essencial de alecrim

MODO DE PREPARO

1. Em uma panela, misture o azeite de oliva e o óleo de coco, em fogo baixo.
Despeje os 120 mL de água de em uma tigela de vidro e coloque dentro da pia.
Vá acrescentando aos poucos os cristais de soda cáustica, até que se dissolvam.
Ao manejar a soda cáustica, use luvas, máscara e avental.
Deixe esfriar.
2. Com cuidado e devagar, despeje a mistura de soda cáustica e água na panela com o azeite e o óleo de coco.
Mexa bem.
Depois, bata com um fouet (batedor de arame/ batedor de clara em neve) por 20 segundos.
A consistência deve ser similar à de uma calda.
Junte a argila verde, a espirulina, o farelo de aveia e o óleo essencial de alecrim.
3. Coloque a mistura em um fôrma no formato de tabuleiro (23 cm) untada com azeite.
Cubra com azeite e deixe descansar por 24 horas.
Quando ainda estiver um pouco mole, corte em retângulos.
Mas não toque nos sabonetes! Faça isso com luvas!
Deixe secar e endurecer por completo.
O tempo para que isso ocorra deve ficar em torno de quatro semanas.
Esta receita rende uns 16 sabonetes.

Gandha Ocque, do Pura Chuva, complementa com uma informação importante:
“…mexer com hidróxido de sódio (soda) requer muito cuidado e responsabilidade, hoje existem cursos de saboaria natural que ensinam como fazer todo o procedimento em detalhes, indico o site do akira para a pessoa conhecer bem o que significa isso, porque poucos conhecem a saboaria natural, a maioria apenas conhece os sabonetes artesanais feitos de bases prontas.. por exemplo, fazer sabão de óleo usado é muito perigoso, cada óleo tem seu índice de saponificação,não pode usar óleo de fritura de carnes, é química pura e requer bastante pesquisa.
Ah e não precisa aquecer os óleos na panela, se a receita estiver certa, vai dar certo fazendo tudo à temperatura ambiente. Imagina se a pessoa aquece demais esses óleos e resolve colocar o mixer em toda essa mistura super quente?”
  • IMPORTANTE: Antes de testar esta e outras receitas aqui apresentadas, informe-se sobre boas práticas de produção de sabonetes naturais e demais produtos de higiene. Existem vários cursos de tempos em tempos, certamente algum em uma cidade ou bairro próximos a você.

Ficam também as dicas de algumas marcas de produtos orgânicos, veganos e/ou biodinâmicos a se buscar e avaliar o custo-benefício:

Ainda, para complementar, a dica do Vinicius Braz Rocha:

“Entre tantos links & receitas de como desprogramar, se desintoxicar da gigantesca variedade de poluentes & poluidores produtos industriais de consumo, vale conferir o canal “zero waste home” da Bea Johnson: https://www.youtube.com/user/ZeroWasteHome

a-granel

E não deixe de passar pelo blog da Cristal, o Um Ano Sem Lixo, para uma inspiração profunda. Esse assunto, o do consumo responsável e da produção mínima de resíduos, vai virar uma postagem em breve.

Se você tiver alguma receita caseira, alguma marca, produto ou loja para recomendar e gostaria de ver adicionada à próxima versão do Guia de Receitas Caseiras e Produtos de Higiene Naturais, envie as Sugestões ou Receitas pelo formulário um pouco mais abaixo.

Todo o trabalho de criação do Guia será voluntário, mas contribuições de toda sorte são bem-vindas! Se você for produtor ou distribuidor de produtos de higiene natural e quiser enviar alguma de suas criações ou produtos que comercializa como cortesia, nós certamente usaremos e ficaremos muito gratos!

Se, por outro lado, o guia que está sendo criado lhe ajudar a encontrar aquilo que busca, em breve poderás retribuir através de um sistema de micromecenato que estou bolando para ajudar este que vos fala a criar pequenas (f)(in)utilidades para seu dia-a-dia. Espero poder contar com você!





Formulário de Contato para o “Guia Definitivo das Receitas Caseiras e Produtos de Higiene Naturais

Dingo Bells – Eu Vim Passear

Conheci há poucas semanas a banda portoalegrense Dingo Bells, e foi amor à primeira vista.

Quer curtir o som deles? Olha só!

Foi nesse mesmo dia que acabei conhecendo o Sofar Sounds, que surgiu na Inglaterra e se espalhou pelo mundo, inclusive aqui no Brasil. Enquanto escrevo este artigo, já são 209 cidades espalhadas pelo mundo organizando “shows intimistas” para compartilhar música boa.

O Canal do Youtube do Sofar Sounds, que significa “Songs From a Room” (Músicas de uma Sala) tem muita coisa boa de todos os cantos do mundo, vale a pena conferir! Tem até a música acima, em uma versão ao vivo. Confere só:

O Fim da Busca

Ah, que bom estar de volta…

Estou retomando meu querido blog, que já existe desde 14 de dezembro de 2003, mas que nos últimos anos acabou perdendo um pouquinho de atenção em detrimento do tempo dispensado à vida offline e a outras mídias sociais.

Fato é que está na hora de retomar o prumo, priorizar o que deve ser priorizado (vita brevis, carpe diem!) e deixar a procrastinação pros baianos (que me perdoem a brincadeira!)

Provavelmente não terei o mesmo ímpeto de outros tempos, quando conseguia realizar postagens diárias e, até, pasmem, três postagens originais no mesmo dia! Ah, antanho, outrora, então, naqueles tempos… Juventude (quase) inconsequente!

O fato é que agora o chamado é outro, mas meu blog querido vai fazer parte novamente deste chamado.

Em primeiro lugar, criei um subdomínio muito especial e singular para um projeto pessoal que vai me levar a conhecer pessoas e lugares incríveis, tenho por certo: chamei-o de “O fim da busca“, nome de meu último livro e também desse projeto que culminará na publicação de mais dois volumes desta inédita pesquisa sobre A Ciência da Felicidade.

O-fim-da-busca-400-e1415107689607

Explico com mais detalhes como se dará esta jornada lá no blog do projeto. Visite O Fim da Busca e não deixe de acompanhar, sugerir, compartilhar e também, porque não, afagar meu ego ser gentil, já que gentileza gera gentileza (e felicidade!).

Para marcar esta nova fase de vida, este momento de irrupção de projetos potentes e significantes na minha existência, chegou a hora também de criar uma página pessoal no facebook, que irá complementar meu perfil pessoal por lá. Neste ano estarei chegando ao limite possível de amigos no face e, além disso, irei dividir aquilo que curto e compartilho de outras fontes em meu perfil, como sempre venho fazendo, e aquilo que eu mesmo produzo, crio, coordeno, agito e toco pra frente, na minha página. Também é mais fácil impulsionar publicações e chegar nas pessoas com a página, quando necessário.

Dito isso, não deixe de me visitar e curtir por lá, em Rafael Reinehr no Facebook. Espero poder produzir algo inspirador e bom naquele espaço.

Bem, já são  3:40 e é hora de aproveitar a chuvinha que cai lá fora não só para escrever mas também para ter uma boa noite de sono.

Fique bem. Te espero sempre por aqui!

Namastê.

 

Conversa com uma amiga, via FB

A: Minha horta embrionária tem um futuro promissor, he. Já começo a pensar na minha composteira, pq sou teimosa e ansiosa e quero fazer as coisas logo. Vê, quando der, aquele projeto que tu me disse sobre. Beijos.

Eu: ah, desculpe! esqueci completamente! – neste tempo, o projeto foi soterrado embaixo de pilhas e mais pilhas de papel, mas já estou solicitando ao departamento de projetos que crie um projeto de desbravamento arqueológico das referidas pilhas. Assim que o projeto ficar pronto, se não for esquecido em outra pilha de projetos, será encaminhado ao setor de licitações, que depois do processo legal e burocrático necessário, irá por em andamento o processo licitatório. Uma vez tendo sido, por este meio, selecionado o arqueólogo para o serviço, ele deverá subcontratar seus ajudantes para então começar a procurar pelo projeto da composteira que havia lhe prometido.

Provavelmente até o final de 2014 (se as obras da Copa não atrapalharem), terei o projeto em mãos e poderei encaminhá-lo a você.

Ou então, passo novamente lá na EPAGRI e peço outro, o que pode ser mais rápido.

O fenômeno das gatinhas tocadoras de guitarra de pernocas de fora

Dia desses, passeando pelo You Tube, acabei caindo nesse vídeo:

Após assisti-lo, acabei chegando a outros vídeos no mesmo estilo, através das sugestões no próprio You Tube:
e mais esse…
e ainda esse:
Não tenho muito a comentar, mas só o Oriente, que nos trouxe a pólvora, o macarrão, o sorvete e as garotas que lambem maçanetas de portas, poderia nos trazer mais essa singela novidade.

Captura_de_Tela_2012-02-12_as_15.16.18

Sobre o Dia do Basta e outras movimentações em marcha…

Conversa hoje mais cedo, com uma pessoa (cuja identidade resguardo):

Pessoa
  • oi, é voce que esta junto na coordenação com o werther ?

     

    Eu

    olá Xxxx, a princípio sim – ajudamos a facilitar algumas iniciativas, mas estás falando exatamente de qual? (são muitas)

     

    Pessoa

    protesto dia do basta
    olá, sou da coordenação naciona

     

    Eu

    ah, ok – não, somente o Werther – não vou conseguir me envolver na organização da atividade local diretamente – mas vou dar suporte

     

    Pessoa

    ha, ok

    entao voce é só membro normal…

    dando supote é isso…
    Eu

não sou membro de nada

 

nem apóio incondicionalmente a marcha
na verdade, acho que marchas são apenas eventos com poder muito gfraco de mudança

e Não a minha estratégia de luta

 

Pessoa
ha ta

 

 

Eu

meu caminho é outro mais duradouro

conectando redes
mas apóio, por caminharem huma direção “boa” estes movimentos
só os considero ingênuos e pouco efetivos

 

Pessoa
obrigado pelo feedback

Captura_de_Tela_2012-02-12_as_15.16.18

Agora vos pergunto: será que fui grosso? Indelicado? Agressivo? Me faltou tato? Ou falar a verdade nem sempre é o melhor caminho? Ou querer dialogar e entender mais profundamente as coisas é um problema? Ou eu não estou entendendo patavinas?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Saudades de blogar

Faz tempo que não passo por aqui…

Saudades de quando a vida era mais simples, os compromissos e responsabilidades mais amenos, quando conseguia dedicar um tempo exclusivo para devaneios sem fins objetivos…