Vergonha nacional

Posted By Rafael Reinehr on set 19, 2007 | 3 comments


Vergonha nacional

 

Recentemente foi organizado um google bombing utilizando a expressão vergonha nacional com o objetivo de fazer a página do Senado constar em primeiro lugar nas buscas do Google através desta expressão.

 

Vergonha nacional

 

Basicamente, a técnica consiste em utilizar uma palavra ou expressão (que podemos chamar de texto-âncora) que é reproduzida em vários sites lincando para determinada página.

 

Vergonha nacional

 

A técnica funcionou perfeitamente e por vários dias o site do Senado Federal ficou em primeiro lugar nas buscas pela expressão “vergonha nacional”, expressão sugerida pelo blogueiro Rodrigo Stulzer e amplamente aderida pelo Blogverso brazuca, após a vexatória votação secreta que absolveu o senador Renan Calheiros.

 

Vergonha nacional

 

Este texto que estou produzindo é uma experiência pessoal com o uso das ferramentas H1, H2, H3 e H4 para avaliar a influência das mesmas no posicionamento deste texto nas buscas no Google mesmo dias após o google bombing. Para quem me visita regularmente e não tem a mínima idéia do que estou falando, minhas desculpas: já estou voltando à programação normal: escrever, escrever, escrever e ler, ler e ler.

Compre-me um caféCompre-me um café
Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.

3 Comments

  1. 😛
    Menos mal que você percebeu o teor humorístico de “Estado anarquista” (que é uma contradição em termos), ao invés de me desencar e ainda me acusar de ser cristão, como outro comentarista. Ótimo blogue!

    Post a Reply
  2. Parabéns pela nova cara do Simplicissimo. Muito legal!
    Sem vergonha nacional seria a melhor sugestão, pois se existisse vergonha nacional as coisas seriam bem diferentes.
    Abraço

    Post a Reply
  3. Luz de Luma, yes party!
    🙁 Foi tão bom ficar um tempo alheia a tudo isso!

    Post a Reply

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: