Category Archives for "Bem-estar"

nov 02

Visão – Ken O’Donnel – A Alma do Negócio

By Rafael Reinehr | Brahma Kumaris

“Para melhorar a qualidade das ações, temos que melhorar o modo como vemos as coisas. Agimos sempre de acordo com a visão. Se uma visão é turva, as ações também serão turvas. Quanto mais clara a visão, mais clara será a ação. Este processo começa na consciência, que influencia o estado mental e emocional, a atitude, a visão, a ação e o mundo. As grandes mudanças na história foram baseadas na visão de alguns indivíduos que ousaram mudar as coisas. Então para que haja mais qualidade no mundo é importante assegurar que a consciência está sendo a mais correta possível.”

Ken O’Donnell, A Alma no Negócio, Editora Gente, 1992

Continue lendo

out 30

Sabedoria – Antônio Sequeira

By Rafael Reinehr | Brahma Kumaris

“A ação é o reflexo do seu pensamento e a reação é a resposta do seu subconsciente. Quando há sabedoria na sua forma de responder, você se torna um benfeitor para todos. Não faça isso só para os amigos, mas faça-o de uma forma ilimitada, falando com todos com a mesma delicadeza. Assim, seus sentimentos serão naturalmente elevados. Para que essa mudança aconteça tem que haver uma relação equilibrada entre a mente (pensamentos), o intelecto (razão) e o subconsciente (registros).”

Antônio Sequeira

Continue lendo

out 10

Atmosfera

By Rafael Reinehr | Brahma Kumaris

“A atmosfera ou astral de um lugar é resultado da qualidade dos pensamentos ali gerados. Quando os pensamentos são de alegria e leveza, a atmosfera fica agradável. Quando os pensamentos são negativos, a atmosfera fica pesada. Por isso é muito importante desenvolver poder interior para ser capaz de influenciar positivamente a atmosfera e não o contrário. Da mesma forma que os médicos não são afetados pelas doenças dos pacientes, temos que manter a consciência de que somos responsáveis em criar a atmosfera ao redor. Assim a atmosfera não terá poder de nos influenciar negativamente.”

(mensagem recebida através do site da Brahma Kumaris)

Continue lendo

out 09

Tempo

By Rafael Reinehr | Estudos Sobre Filosofia Oriental

“Se estou no aeroporto e o avião está atrasado, não adianta olhar impacientemente para o relógio. Não posso controlar o horário do avião, mas posso entender que através dessa situação eu ganhei tempo para talvez trabalhar em mim e refletir sobre a vida. A parada no trânsito também é uma oportunidade para auto-progresso. Posso fazer uma checagem na qualidade dos meus pensamentos quando estou em um congestionamento. Os minutos que ganho aqui e ali durante o dia são um tesouro inestimável. Saber usá-los é deixar de ser escravo do tempo.“

Ken O’Donnell

out 03

O líder iluminado e a criatividade

By Rafael Reinehr | Estudos Sobre Filosofia Oriental

"A idéia de que vamos ao trabalho apenas para cumprir uma tarefa e desempenhar uma posição é muito pouco criativa. Um líder iluminado verá a comunidade de relacionamentos no trabalho como uma oportunidade para exercer a criatividade e a variedade de papéis que podem ser importantes ao grupo. Isso não é ser falso mas ser flexível às necessidades que variam a cada momento. O líder pode exercitar o papel de conselheiro, motivador, mediador e inclusive o papel de pai ou mãe nos momentos sensíveis. Esta percepção ampla cria um ambiente mais leve, feliz e divertido no trabalho." Mike George, The world is your stage and you’re on! Clear Thinking, 29/06/08

 

Pesquisa Remuneração
set 30

Você está feliz com seu trabalho?

By Rafael Reinehr | Terapias de bem-estar

Entre primeiro de setembro e primeiro de outubro de 2008, realizei uma pesquisa aqui no site para tentar entender o que as pessoas que aqui chegam sentem em relação ao trabalho, bem-estar e à remuneração que se vincula com este trabalho e este bem-estar.

O resultado foi o seguinte:

Pesquisa Remuneração

A conclusão a que cheguei analisando os dados acima foi que uma grande parte das pessoas prefere não "viver somente para o trabalho", mesmo que isso represente um incremento substancial (100%) da renda. Chegando a um patamar que lhes dê conforto, segurança e estabilidade financeiras, os votantes na opção "12 mil reais" preferem utilizar seu tempo com lazer ou outras atividades que lhes preencham do que utilizar as demais horas trabalhando mais para alcançar uma maior renda.

Me surpreendi com o grande percentual (32,2%) de pessoas que ficariam satisfeitas com uma rende de 3 mil reais para fazer 100% do tempo somente aquilo do que gostam. É claro que esta pesquisa sofre um grande viés: não leva em conta a remuneração atual do indivíduo que está votando. Ou seja, para alguém que ganha 1000 reais por mês, passar a ganhar 3 mil e fazer somente o que lhe dá prazer parece uma proposta aprazível. Mas e para quem ganha 24 mil, será que conseguiria passar a receber 3 mil e ficar plenamente satisfeito?

Obrigado a todos que votaram. Me ajudaram a pensar mais sobre o assunto. Ainda preciso de tempo para decidir por que caminho seguir. Quando decidir, compartilho com vocês a decisão.

set 24

Nada existe

By Rafael Reinehr | Estudos Sobre Filosofia Oriental

Yamaoka Tesshu, quando um jovem estudante Zen, visitou um mestre após outro. Ele então foi até Dokuon de Shokoku. Desejando mostrar o quanto já sabia, ele disse, vaidoso:
"A mente, Buddha, e os seres sencientes, além de tudo, não existem. A verdadeira natureza dos fenômenos é vazia. Não há realização, nenhuma delusão, nenhum sábio, nenhuma mediocridade. Não há o Dar e tampouco nada a receber!"
Dokuon, que estava fumando pacientemente, nada disse. Subitamente ele acertou Yamaoka na cabeça com seu longo cachimbo de bambu. Isto fez o jovem ficar muito irritado, gritando xingamentos.
"Se nada existe," perguntou, calmo, Dokuon, "de onde veio toda esta sua raiva?"

set 10

Getting Things Done – Terminando de Fazer as Coisas…

By Rafael Reinehr | Terapias de bem-estar

… ou simplesmente: Fazendo a Vida Andar. Sinto, diariamente, que perdi o controle da minha própria vida. Hoje resolvi tirar 3 minutos do meu tempo e contei quantos e-mails tenho deixado para responder depois a cada dia. De primeiro de setembro até agora – metade do dia 10 – deixei 173 e-mails para responder depois. Ou seja, uma média DIÁRIA de 17 mails que ficam sem resposta, acumulando e atrolhando minha caixa de mensagens, que já pesa mais do que um mamute após o almoço.

Entre estas mensagens, muitas de significativa importância, como a de pessoas interessadas em participar da Rede O Pensador Selvagem, quer seja como colunistas, colaboradores, editores ou blogueiros. Outras, de amigos, algumas de escritores, diagramadores, ilustradores interessados em participar da Sillencio Edittora e Livvraria, muitos ainda que fizeram comentários aqui no blog que me tocaram profundamente e com quem quero ter uma conversa mais demorada, portanto não respondi ainda ou simplesmente respondi de forma superficial, guardando o e-mail para me lembrar de responder com calma outra hora…

Mas aí é que está: esta "outra hora" não chega nunca, pois o acúmulo se torna cada vez mais aterrador. E aterrador é a palavra certa, pois parece que estou sendo "aterrado" sob esta multidão de e-mails. Hoje à noite vou tirar umas fotos do meu computador para compartilhar com os amigos a angústia que me toma conta.

Se alguém tiver uma boa idéia, que não seja do tipo "abandone a internet, vá viver sua vida", estou aceitando. Imagina quando vierem os filhos e quando eu lançar os projetos que estão guardados na manga, relacionados à sustentabilidade e ecologia… Ó céus… Ó vida…

set 07

Agir conforme a própria natureza

By Rafael Reinehr | Estudos Sobre Filosofia Oriental

Dois monges estavam lavando suas tigelas no rio quando perceberam um escorpião que estava se afogando. Um dos monges imediatamente pegou-o e o colocou na margem. No processo ele foi picado. Ele voltou para terminar de lavar sua tigela e novamente o escorpião caiu no rio. O monge salvou o escorpião e novamente foi picado. O outro monge então perguntou:

“Amigo, por que você continua a salvar o escorpião quando você sabe que sua natureza é agir com agressividade, picando-o?”

“Porque,” replicou o monge, “agir com compaixão é a minha natureza.”

(conto retirado do blog Espiritualistas)

Aprender a perceber esta grande verdade, a de que seres humanos distintos possuem diferentes naturezas, personalidades e ímpetos, pode nos preparar melhor para a vida neste mundo. Com a percepção plena da lição acima, passamos a compreender o outro usando sua própria lente , e não somente a nossa. Uma grande lição, sem dúvida.

Castanha-do-pará
ago 27

Castanha-do-pará ou Castanha-do-brasil: selênio para uma vida longa e saudável

By Rafael Reinehr | Curtas da Saúde

Castanha-do-paráUma castanha do pará (rebatizada recentemente como castanha-do-brasil) por dia garante a quantidade mínima de selênio necessária ao nosso organismo, recarregando este mineral que combate o envelhecimento celular e garante uma vida longa e saudável. Para se ter uma idéia, a mesma quantidade de selênio encontrada em 5g de castanha-do-pará (uma unidade) é encontrada em 3 filés de frango (100g cada), 16 pães franceses (50g cada), 26 camarões (20g cada), 2 latas de sardinha em conserva (130g cada), 10 ostras (33 gramas cada) ou 100 copos de leite (200ml por copo). O selênio é fundamental para acionar as enzimas que combatem os radicais livres. Além de manter mais ativo nosso sistema imunológico, também acaba por proteger as células do sistema nervoso das doenças neurodegenerativas como Parkinson e Alzheimer. Como se já não fosse o bastante, o selênio também ajuda a tireóide na síntese de seus hormônios e também está associado à capacidade do organismo de eliminar metais pesados. O excesso deve ser evitado. A médio e longo prazo, a ingestão diária de mais de 2 a 4 castanhas-do-brasil pode levar à dores de cabeça, unhas fracas e queda de cabelo.