Che

Che – Uma Vida Revolucionária

Che26 de Novembro de 1956; liderados por Fidel Castro (Demian Bichir), um bando de 80 rebeldes navega até Cuba. Entre estes jovens rebeldes está o médico, soldado e marxista argentino Ernesto “Che” Guevara (Benicio del Toro). Desterrados, sem recursos e alimentados apenas pela determinação, o grupo se engaja em uma batalha sangrenta para livrar o povo cubano da ditadura corrupta de Fulgencio Batista. Embora considerado um herói por alguns, Che se torna uma figura bastante controversa. No pico de sua fama e poder, ele desaparece. Retorna à América do Sul incógnito e recruta outro bando de guerrilheiros no meio da floresta boliviana. Eles então embarcam em uma missão para disseminar a revolução pela América Latina.

Para assistir ao trailer, clique em Che – Uma Vida Revolucionária.

Continue reading

Madagascar 2 – Escape 2 Africa

Está chegando, dia 11 de novembro próximo, a continuação da saga de Alex, Marty, Melman, Gloria, King Julien, Maurice, os pingüins e os chimpanzés que, perdidos na África tentam voltar à sua casa, o Zoológico de Nova Iorque. Depois de um reparo com "precisão militar" feito pelos pingüins em um velho avião acidentado, a patota tenta voltar ao seu lar, não sem antes cair nas vastas planícies da África e encontrar muito mais do que exemplares de sua própria espécie no meio daquela imensidão. Neste momento, a África parece parecer muito melhor do que sua casa no Central Park. Será?

Assista ao trailer clicando em Madagascar 2.

 

The Soloist

The Soloist (2008)

The SoloistÉ Roliú, mas esse promete! The Soloist, estrelado por um músico esquizofrênico sem teto (Jamie Foxx) e por um jornalista (Robert Downey Jr.) que vê na vida do músico (baseado na vida de Nathaniel Ayers, um músico que desenvolve esquizofrenia no segundo ano na Escolha de Música Julliard) muito mais do que mais uma coluna em um jornal e passa a ajudá-lo a conseguir alcançar o sonho de tocar no Walt Disney Concert Hall.

Uma bela história e um belo trailer. Um bom filme? Fiquei curioso.

Para assistir ao trailer do filme, acesse o site oficial em The Soloist.

Harvey Milk

Harvey Milk (2008)

Harvey MilkDepois de se mudar para São Francisco, o nova-iorquino de meia idade Harvey Milk se tornou um ativista do direito dos gays e um político da cidade. Na sua terceira tentativa, ele foi eleito para um cargo no San Francisco’s Board os Supervisors em 1977, tornando-o o primeiro gay declarado eleito a um cargo público nos Estados Unidos. No ano seguinte, tanto ele quanto o prefeito da cidade, George Moscone foram assassinados a tiros pelo supervisor anterior, Dan White, que culpou seus colegas anteriores por negarem a ele a rescisão de sua aposentadoria da Junta.

Harvey Milk já foi objeto de vários livro e de um documentário vencedor do Oscar, The Times os Harvey Milk (1984), mas Milk (2008) é a primeira obra ficcional que explora aspectos privados da vida pessoal e carreira de Harvey.

Milk foi filmado em São Francisco e muitos dos amigos reais de Harvey MIlk participaram da produção do filme, alguns aparecendo em cena. Milk estreia nos cinemas estadunidenses em 26 de novembro de 2008. Para ver o trailer, clique em Milk.

Humboldt County

Humboldt County

Humboldt CountyNo limite do continente e às margens da sociedade existe uma região da Califórnia conhecida por alguns como “A Costa Perdida”. E é justamente lá, em Humboldt County que Peter Hadley (interpretado por Jeremy Strong), um promissor mas desiludido estudante de medicina desacreditado pelo seu professor acaba por cair, em meio à uma comunidade de fazendeiros plantadores de maconha e uma hospitaleira porém excêntrica família interpretada por Frances Conroy, Fairuza Balk, Chris Messina, Brad Dourif e Madison Davenport.

Co-dirigido por Darren Grodsky e Danny Jacobs, Humboldt County é a história de uma alma humana em busca da felicidade e acerca dos lugares inesperados que algumas vezes podemos chamar de lar.

Clique no link a seguir para ver o trailer de Humboldt County ou em Humboldt Countie Movie para acessar o site oficial do filme.

The Boy With The Stripped Pajamas

The Boy in The Stripped Pajamas – O Menino do Pijama Listrado (2008)

The Boy With The Stripped Pajamas

Baseado no romance de John Boyne, The Boy in the Striped Pajamas é uma  história fictícia que oferece uma perspectiva única sobre como o ódio e a violência afetam pessoas inocentes, principalmente crianças, durante tempos de guerra. Através da lente de um menino de oito anos filtrada pela realidade da Segunda Guerra Mundial, somos testemunhas de uma amizade proibida entre Bruno, o filho de um comandante nazista e Schmuel, um garoto judeu mantido cativo em um campo de concentração. Apesar de estarem separados fisicamente por uma cerca de arame farpado, suas vidas tornam-se inevitavelmente entrelaçadas. A história imaginada de Bruno e Schmuel coloca luz na brutalidade, falta de sentido e conseqüências devastadoras da guerra de um ponto de vista não usual. A trágica jornada de ambos ajuda a lembrar das milhões de vítimas inocentes do Holocausto.

A direção é de Mark Herman e a estréia está prevista para este outono nos EUA.

Clique no link a seguir para ver o trailer de The Boy in The Stripped Pajamas.

I.O.U.S.A.

I.O.U.S.A. – One Nation. Under Stress. In Debt

I.O.U.S.A.Dirigido por Patrick Creadon, I.O.U.S.A. é um documentário que analisa a rapidamente crescente dívida interna dos Estados Unidos bem como suas conseqüências para o país e seus cidadãos. Atordoados por uma sempre crescente expansão militar e governamental, pelo aumento da competição econômica internacional, subsídios que já não são capazes de ser mantidos, a "America" caminha para uma catástrofe de proporções épicas.

Através da história, o governo americano achou ser impossível gastar o que havia sido construído apenas com a criação de taxas e impostos. Misturando entrevistas com cidadãos comuns – os pagadores destas taxas – e indivíduos do governo, Patrick Creadon ajuda a desmistificar e apresentar o painel econômico atual de seu país, lançando seu filme em um momento em que a dívida deverá estar chegando em 9,5 trilhões de dólares, neste mês de agosto.

O filme estréia nos cinemas dos Estados Unidos em 21 de agosto e, diferentemente so que poderia se pensar, ele não se restringe apenas à apresentação de dados apocalípticos: ele apresenta soluções de como recriar uma nação fiscalmente equilibrada para apresentar às futuras gerações.

O diretor faz entrevistas cândidas com indivíduos tão distintos como Warren Buffett, Alan Greenspan, Paul O’Neill, Robert Rubin, Paul Volcker, assim como com David Walker, proprietário da Peter G. Peterson Foundation’s e Bob Bixby da Concord Coalition.

Para ver o trailer, clique na imagem que acompanha este artigo. Para conhecer o site oficial do filme, clique em I.O.U.S.A. – The Movie

Ensaio Sobre a Cegueira – Fernando Meirelles interpreta José Saramago

Um dos filmes mais esperados do ano para mim é Ensaio Sobre a Cegueira, baseado na obra homônima de José Saramago. O diretor brasileiro Fernando Meirelles foi o responsável por trazer esta obra prima da literatura moderna (que continua no romance Ensaio Sobre a Lucidez, publicado oito anos depois) às telas do cinema.

Se lhe ajuda a decidir, veja a reação do Saramago após ver a premiere do filme, ao lado de Meirelles (graciosamente catado do blog do amigo Alessandro Garcia).

Sicko - Michael Moore

Sicko – Michael Moore (pré-lançamento)

 

Sicko - Michael Moore

 

    O mais novo petardo bem-humorado  com pH próximo de ZERO de Michael Moore está chegando. Com lançamento mundial previsto para 29 de junho, o filme, guardado a sete chaves foi mostrado pela primeira vez ao público que esteve presente no Grand Theatre Lumière no Festival de Cannes no último sábado, dia 19.

    O novo documentário do polêmico cineasta norte-americano foi ovacionado por mais de 2000 pessoas. Não se sabe se a mesma reação pode ser esperada na sua apresentação nos Estados Unidos. No filme, Michael Moore ataca o sistema de saúde norte-americano, posicionando-se claramente ao lado dos segurados e frontalmente contra o governo e as seguradoras de saúde. Como existe o risco do filme ser censurado dentro dos Estados Unidos, os advogados de Michael Moore sugeriram que o mesmo enviasse uma cópia master do filme para fora do país, para garantir a sua divulgação e estréia mundial.

    Tentei no dia de ontem conseguir uma cópia via torrents ou canais do IRC, mas este filme parece estar sendo realmente muito bem guardado. Nenhuma câmera o capturou em Cannes. Provavelmente teremos que esperar até a estréia para assistirmos. Para quem quer saber mais sobre o filme, visite minha fonte