Novidades!

O que de novo está acontecendo por aqui.


 

Estaremos contratando tradutores para os projetos da The Brains Cooperation, dentre eles o Medictando e a Coolmeia. Alguns precisaremos de disponibilidade em tempo integral e outros para trabalhos eventuais, mas com alguma regularidade.

tradutores

Se você tiver disponibilidade de tempo e capacidade de tradução irrepreensível na língua ou línguas que dominas, entre em contato pelo formulário abaixo:

Read More

 
Estaremos contratando tradutores para os projetos da The Brains Cooperation, dentre eles o Medictando e a Coolmeia. Alguns precisaremos de disponibilidade em tempo integral e outros para trabalhos eventuais, mas com alguma regularidade.
tradutores
Se você tiver disponibilidade de tempo e capacidade de tradução irrepreensível na língua ou línguas que dominas, entre em contato pelo formulário abaixo:

Read More

Quem me acompanha sabe que faço o trajeto Araranguá > Porto Alegre > Santa Maria > Porto Alegre > Araranguá a cada 14 dias.

Minha vida profissional está centrada no sul catarinense e minha vida afetiva no coração do Rio Grande.

Com os sucessivos aumentos do preço dos combustíveis, a necessidade de realizar a revisão do automóvel a cada 3 meses e de trocar de pneus a cada 8 meses, surgiu a necessidade e a ideia de oferecer carona para pessoas que buscam companhia e economia neste trajeto.

caronas-do-rafael

E foi assim que, ontem, criei uma planilha com minha “escala de viagem” para os próximos meses, de forma a ajudar e ser mutuamente ajudado neste trajeto que faço o ano todo.

Dar carona é tudo de bom: reduz o impacto ambiental (carros só com um passageiro são quase um crime!), aumenta a convivialidade e a chance de trocas entre pessoas de diferentes culturas e backgrounds, promove diálogos e troca de ideias, gera economia de recursos econômicos, nos traz novas amizades…

Para quem quiser acessar, por necessidade ou curiosidade, o link permanente para a escala está em http://curto.co/caronasdorafael

 

Read More

A ideia do Comida Livre nunca foi muito humilde não: tínhamos, Arthur e eu, pensando em criar um mapa que pudesse mapear desde novas mudas de árvores plantadas em ambientes urbanos (ou, porque não, rurais), mas também e principalmente, mapear hortas coletivas, hortas comunitárias, hortos medicinais, PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais), locais em que fossem jogadas bombas de sementes e pontos de descarte de alimentos não comercializados.

Captura de Tela 2016-02-03 às 00.14.31

Esse portal seria tão mais importante quanto fosse se tornando mais difícil o acesso ao alimento.

Hoje, apesar de todas as críticas que temos à sociedade industrial, ainda se consegue comida de forma suficiente em um país como o nosso, Brasil. Com a escassez do petróleo, o aumento dos custos de produção e distribuição dos alimentos que se seguirá nas próximas décadas, o acesso a alimentos de qualidade irá se tornar mais e mais difícil.

Mapear a Comida Livre, em primeiro lugar por uma questão de locavorismo e de soberania alimentar, mas também para defender a permanência e a existência de árvores e espaços que produzem os alimentos localmente em nossas cidades vai se tornar uma questão de “advocacia”, quando os mecanismos repressivos neofascistas começarem a ampliar seu controle para cima desse tipo de alimento que, inevitavelmente, tentará ser proibido nos anos que virão. Na Espanha, ao invés de incentivar a  produção de energia a partir do Sol, as pessoas são taxadas e desincentivadas a fazê-lo, em alguns estados dos EUA, é proibido coletar água da chuva, na Nova Zelândia, é proibido cultivar verduras e legumes em seu próprio jardim… E é só o começo.

Então, fique atentx! E aceite meu convite: visite o Comida Livre e mapeie tudo que for alimentício perto de onde você mora, estuda, trabalha. E monitore a continuidade desse alimento livre na sua cidade, além de incentivar o surgimento de mais hortos medicinais e hortas coletivas, bem como pequenas sacadas e até vasos ou latas comestíveis!

E Compartilhe essa ideia!

Read More
O Fim da Busca

O Fim da Busca


Posted By on jan 31, 2016

Ah, que bom estar de volta…

Estou retomando meu querido blog, que já existe desde 14 de dezembro de 2003, mas que nos últimos anos acabou perdendo um pouquinho de atenção em detrimento do tempo dispensado à vida offline e a outras mídias sociais.

Fato é que está na hora de retomar o prumo, priorizar o que deve ser priorizado (vita brevis, carpe diem!) e deixar a procrastinação pros baianos (que me perdoem a brincadeira!)

Provavelmente não terei o mesmo ímpeto de outros tempos, quando conseguia realizar postagens diárias e, até, pasmem, três postagens originais no mesmo dia! Ah, antanho, outrora, então, naqueles tempos… Juventude (quase) inconsequente!

O fato é que agora o chamado é outro, mas meu blog querido vai fazer parte novamente deste chamado.

Em primeiro lugar, criei um subdomínio muito especial e singular para um projeto pessoal que vai me levar a conhecer pessoas e lugares incríveis, tenho por certo: chamei-o de “O fim da busca“, nome de meu último livro e também desse projeto que culminará na publicação de mais dois volumes desta inédita pesquisa sobre A Ciência da Felicidade.

O-fim-da-busca-400-e1415107689607

Explico com mais detalhes como se dará esta jornada lá no blog do projeto. Visite O Fim da Busca e não deixe de acompanhar, sugerir, compartilhar e também, porque não, afagar meu ego ser gentil, já que gentileza gera gentileza (e felicidade!).

Para marcar esta nova fase de vida, este momento de irrupção de projetos potentes e significantes na minha existência, chegou a hora também de criar uma página pessoal no facebook, que irá complementar meu perfil pessoal por lá. Neste ano estarei chegando ao limite possível de amigos no face e, além disso, irei dividir aquilo que curto e compartilho de outras fontes em meu perfil, como sempre venho fazendo, e aquilo que eu mesmo produzo, crio, coordeno, agito e toco pra frente, na minha página. Também é mais fácil impulsionar publicações e chegar nas pessoas com a página, quando necessário.

Dito isso, não deixe de me visitar e curtir por lá, em Rafael Reinehr no Facebook. Espero poder produzir algo inspirador e bom naquele espaço.

Bem, já são  3:40 e é hora de aproveitar a chuvinha que cai lá fora não só para escrever mas também para ter uma boa noite de sono.

Fique bem. Te espero sempre por aqui!

Namastê.

 

Read More

 

Listando grandes temas para blogagem!

Como já fiz em outros tempos de blogagem, na qual conseguia postar até 3 postagens por dia (sem filhos, sem tantos compromissos assumidos), organizei uma série de “grandes temas” sobre os quais deverei escrever em meu weblog.

agenda-reinehr

Nem todos os dias conseguirei criar dois posts novos, alguns serão requentados de publicações minhas em outros portais, revistas ou sites, outros ainda são originais guardados nas gavetas e HDs por aí.

Pensei na seguinte distribuição de temas ao longo da semana:

Segundas:

* Literatura
* Sociedade

Terças

* Simplicíssimo
* Saúde e Bem-estar

Quartas

* Ecologia/Sustentabilidade
* Indicação de blog/site

Quintas

* Fotografia/Fotos de Quinta
* O Pensador Selvagem

Sextas

* Tecnologia
* Cinema

Sábados

* Comunidade
* Música

Domingos

* Faça você mesmo
* Gastronomia

Outras postagens variadas intercalam-se com estas, quando houver vontade, necessidade ou urgência nas ruas, corações e espíritos!

Read More
%d blogueiros gostam disto: