Velha Roupa Colorida – Belchior/Elis Regina (Precisamos todos rejuvenescer)

Pra você, aí sentando no sofá, na poltrona, na cadeira ou, no assento do ônibus ou no banco de trás da limusine:

“Você não sente nem vê
Mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo
Que uma nova mudança em breve vai acontecer
E o que há algum tempo era novo, jovem
Hoje é antigo, e precisamos todos rejuvenescer”

Achados e Perdidos

Achados & Perdidos

Grupo carioca de Glitter- Batuque-Rock. Rock anos 80, com músicas próprias. Foi uma das bandas vencedoras do Festival Rock que rola da rádio Transamérica FM, no verão de 1989, com a música Vontade de Assumir
DISCOGRAFIA – LP, Achados & Perdidos (RCA Victor, 1974).

Achados e Perdidos
Da esquerda pra direita:
Édi Lyra – bateria
Paulinho Silva – baixo e baking vocals
John Kenedy – guitarra solo
Paulinho Bessa – voz e guitarra base

Accioly Neto

Accioly Neto

Accioly NetoCantor, compositor e violonista de Forro (ex- BULL DOG e ex- ACALANTO), surgido num dos festivais do início da década de 80.

DISCOGRAFIA- LP, Accioly Neto (s/g, s/d); LP Forró Rock (Chantecler, 1984), LP, (s/q, 1986).

Abutre

Banda Heavy Metal paulistana surgida em 1982. Formada por Wagner Giudice (vocais), Ricardo Giudice (guitarra), Tomas Paulo Catafay (baixo) eAdalberto F. Rosado Jr. (bateria) . Participou em 1985 da coletânea SP Metal II, da Baratos Afins. Abaixo uma apresentação da banda no programa Batalha, na TV Bandeirantes, em 1985.

Absyntho

Absyntho

AbsynthoGrupo carioca formado no início da década de 80, que mescla o que há de mais kitsch da mitologia pop, isto é, letras centradas em contos de fadas e seus bichinhos de pelúcia, com o velho som da new wave. Assim, em 1983, com o seu bubblegum-rock Ursinho Blau Blau, o grupo inauguraria sua famosa galeria de tipos. Logo a seguir, viriam gênios, lobos e outros personagens da fauna. Atrás deste som, é difícil acreditar que estejam o guitarrista Fernando Sá, que participara do grupo Acidente, na época do antológico LP Guerra Civil (Tok Cine, 1982) e Wanderley Pigliasco, ex-baixista da Banda 22. Integram ainda o veneno: Sylvinho (vocal), Sérgio Diamante (teclados) e Darcy (bateria).

Discografia (clique nos links para fazer o download)

Banda 22

CD, Maio/Rio/A Luz Que Brilha Meu Viver/Pouco Adiante (Coomusa).

Absyntho

CS, Ursinho Blau Blau (RCA, 1983)

CS, Palavra Mágica (RCA, 1983)

LP, Absyntho (RCA, 1985)

Wanderley Pigliasco (solo) 

CS, Besame Mucho (RCA, 1984)

Aborto Elétrico

Aborto Elétrico

Primeiro grupo punk de Brasília (e talvez o primeiro do Brasil), verdadeira escola de rockeiros, em suas fileiras passaram, entre outros, o baterista Fê, do Capital Inicial, Renato Russo, do Legião Urbana e Marcão, do Burguesia Decadente (1977-1979). De suas fileiras, sairam os músicos que depois formariam o Legião Urbana, a Plebe Rude e o Capital Inicial.

Aborto ElétricoUma das frases marcantes em suas letras foi "Menos guerra, mais pão, vocês de direita, vocês de esquerda são todos babacas,
velhos demais, vivendo intrigas de tempos atrás
" (O Despertar Dos Mortos).

Uma das raras gravações da banda, feita ao vivo na UnB em 1978, contava com as seguintes canções:

1. Fátima
2. Construção Civil
3. Ficção Científica
4. Veraneio Vascaína
5. Conexão Amazônica
6. Que Pais É Este
7. Love Song For One
8. Tédio

Para escutar (a qualidade é baixa, mas vale o registro histórico), clique em Download de Aborto Elétrico – Ao Vivo na UbB 1978

 

Som, Sangue e Raça

Abolição

Som, Sangue e RaçaGrupo carioca surgido no final de década de 60. Embora fazendo uma música que não possuísse ligação direta com o Rock, foi sob a batuta do tecladista Dom Salvador (Salvador da Silva Filho, 12/9/1938. Ex-Copa Trio e ex-Rio 65), o principal ancestral do Movimento Black Rio, surgido na década de 70. Integravam ainda o grupo Mariá (vocal), José Carlos (saiu em 1971) (guitarra), Rubão Sabino (baixo), Lulu (bateria e vocal), Nelsinho (tumbadora), Oberdã Magalhães (sax-tenor e flauta), Serginho (trombone) e Darci (trompete).

Discografia – LP, Som, Sangue e Raça (CBS, 1971) (Download)

Em 2007, a Biscoito Fino lançou um CD do Dom Salvador Trio, resgatando um pouco da história do histórico tecladista.

 

Abe, Yoko – Yoko Abe

Cantora nissei que, no final da década de 50, misturou Guarânia, Tango e Rock n’Roll.

Discografia – 78rpm, Índia (interpretada por Guido Miyoshi)/Be-Bop a Lula (por Yoko Abe) (Califórnia, 1959); 78rpm, My Baby/Lampião de Gás (Califórnia, 1960)

Washington Morais entrevistou Yoko Abe, e a entrevista pode ser vista no vídeo abaixo: