Vou virar o Belchior e me escafeder?

By Rafael Reinehr | Novidades!

Ago 29

Meus amigos (verdadeiros) me perguntam por onde ando… Que história é essa de não utilizar mais e-mail, porque não conseguem me achar no celular… Vai virar ermitão, comprou uma casa na montanha, vai virar Belchior e sumir sem deixar vestígios?

Não meus amigos, não é nada disso. Quem está sendo afetado diretamente por estas decisões talvez esteja sofrendo junto comigo, e chegou a hora de um esclarecimento um pouco mais detalhado. Espero que eu consiga me fazer entender.

Durante toda vida sempre fui considerado uma pessoa muito inteligente, criativa. Sempre estava entre os primeiros da classe sem fazer nenhum esforço para isso. Uma bênção, diriam alguns.

Acontece que sempre gostei muito de ler. Devorava livros como outros devoravam sorvetes, balas e chocolates. Esse gosto pela leitura trouxe, digamos assim, algumas conexões benéficas para o jovem rafinha.

O tempo passou, vieram a adolescência e seus hormônios, o foco na faculdade, depois em especialização médica… Tudo muito rápido e, nesse turbilhão de acontecimentos, muitos desejos, projetos e objetivos a serem alcançados. Em 15 anos vivendo na internet se conhece muitas pessoas, se faz amizades passageiras e outras, em menor número, bastante duradouras e interessantes. Trocas fantásticas, mas também muita energia dispensada em bobagens que nada mais fazem do que sugam nosso tempo e energia criativa.

Entre tantos projetos, senti que aquele rafinha de antanho estava ficando pálido, sem energia, e que os projetos tão belos e que poderiam ajudar tantas pessoas estavam capengando, por falta de dedicação. Não por falta de empenho ou vontade de fazer, mas por falta de organização da minha rotina diária.

Comecei, há cerca de 5 anos,  a analisar em que pontos eu poderia melhorar. O ponto inicial: gerar renda suficiente para que pudesse, em menos horas de trabalho, garantir o meu sustento e da minha família, além de programar um futuro sereno e sustentável. Fruto deste planejamento, mudamos de cidade e de estado e hoje trabalho em condições mais favoráveis do que as de então.

Nos passos seguintes, passei a reduzir minha atividade laboral. Hoje não trabalho nas sextas, sábados e domingos. Entretanto as sextas acabam servindo para “tapar os furos” dos dias da semana. Ainda não estou bem organizado para deixar as sextas realmente livres como gostaria. Em um novo passo, estou tentando deixar 2 terças-feiras por mês também livres, para, quem sabe, concentrar as atividades que faço nas sextas e finalmente liberá-las para outros projetos. Isto porque, a noite e a madrugada tem-me sido muito caras. Estou deixando de desfrutar minha casa, a companhia de minha esposa e cães na intensidade que gostaria.

Tudo se trata, em verdade, de três coisas:

1. Estabelecer uma hierarquia de prioridades
2. Otimizar e organizar o tempo
3. Colocar em prática o que foi definido nos items 1 e 2

Não. Isso não é GTD (Getting Things Done, mas bem que poderia ser). Isso também não é uma decisão hermética. Estou experimentando, e conto com a compreensão dos verdadeiros amigos. Aqueles que não compreendem estas tentativas, talvez estejam distantes demais para perceber o que significa para mim ganhar 2 horas a mais por dia (livre do e-mail).

Talvez aqueles que permaneçam por perto, ganhem acesso a um novo e-mail, extremamente restrito, exclusivo para mensagens 1:1, que seja usado com moderação e sem esperar de mim urgência na resposta. Sim, neste caso sim, estou indo morar na Montanha. E só vou ter acesso a este e-mail quiçá uma vez na semana…

Enquanto isso, coloquei os comentários deste blog como privados. Assim, quem quiser fazer um comentário pessoal poderá fazê-lo e o mesmo não será publicado se houver algo que não seja de interesse público.

Ainda no mês de setembro estarei reavaliando minha relação com as atuais mídias sociais das quais faço parte, como Facebook, Orkut e Twitter. Vou ver o que presta e o que não presta e vou dar um jeito de realmente selecionar o que é válido para mim.

Ainda, aquelas pessoas mais próximas podem me adicionar no MSN, Skype ou ver minhas outras formas de contato e produção no Me Adiciona, que vai estar em algum lugar do blog. Mas, sem dúvida, este espaço aqui (http://reinehr.org) será o meu lar virtual a partir das próximas semanas, e o local mais fácil para me encontrar.

Então, meus AMIGOS, não vou virar Belchior nem vou sumir do mapa. Apenas compreendam este meu período de experiências. Tenham por certo que todo este esforço é para produzir um rafinha um pouco mais humano, menos atrelado às máquinas. É uma espécie de pausa (alguns diriam retorno), um tipo de reflexão sobre os caminhos pelos quais tenho percorrido. É uma reavaliação, que faz parte de um Processo.

banner do Medictando - O Bem-estar ao seu alcance

Banner da Zen Nature produtos orgânicos, sustentáveis e oriundos do comércio justo

Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.

(5) comments

Add Your Reply