Fluxo de consciência

By Rafael Reinehr | Quase Filosofia

Abr 20

Fluxo de consciência é uma técnica literária introduzida por James Joyce, em que o monólogo interior de um ou mais personagens é transcrito. Nesta técnica, a narrativa apresenta-se como um fluxo de consciência que intercepta presente e passado, quebrando os limites espaço-temporais. No fluxo de consciência há uma quebra da narrativa linear, onde já não é tão claro distinguir entre as lembranças da personagem e a situação presentemente narrada (Wikipedia).

 A partir de Hoje, nos melhores cinemas e nos piores weblogs (incluindo este).

 

(2) comments

Add Your Reply