Que se faz da vida?

By Rafael Reinehr | Quase Filosofia

Dez 04

    Nos útlimos dias ando poético. Não sei se foi o convite para participar de uma antologia de poesias, se é este sol todo ou se a proximidade de um possível casamento. Pode ser também que sejam as decisões que tomei (tomamos) acerca de nossa futura estabilidade financeira, novos projetos, café sem açúcar ou 9 quilos a menos. Pode ser qualquer coisa. O fato é: estou poético.

    Há algumas semanas comprei um gravador digital e estou com ele pra cima e pra baixo. Todas idéias que me surgem – e brotam que nem erva daninha – estou gravando para desenvolvê-las mais tarde. Uma delas: preciso, preciso mesmo, de um secretário(a) particular para me ajudar com todos projetos e idéias que PRECISAM tomar corpo PRÁTICO! 

    O tempo está passando e minhas iniciativas resumem-se a um amontoado de rascunhos mentais, escritos ou transformados em bits. Hoje fiz, no intervalo das consultas (hoje meu dia começou às 6:15 com o despertador e vai até às 20 horas aqui na ULBRA e sabe-se lá até quando na WWW), um breve revival da minha passagem pela Internet. Desde os tempos dos meus primeiros blogs, o Tudo Está Impresso no Éter Universal, um blog de colagens das primeiras edições do Simplicíssimo e o Politikaos, um pretenso blog-fórum de discussão acerca de política, lá dos idos de fevereiro de 2003 (bom lembrar que, naquela época, eu era residente em Endocrinologia e estudante de Ciências Sociais da UFRGS), que nunca chegou a decolar.

    Tenho tanta coisa boa guardada e, ao mesmo tempo em que sonho em ensinar às pessoas como viver melhor, não consegui ainda achar o "Ponto de Mutação" que leve minha vida a um patamar mais equilibrado e sustentável. Continuo estudando. Um dia, quem sabe, poderei ensinar.

    Nos últimos meses, deixei praticamente 100% de lado minhas relações blogosféricas. As visitas quase diárias aos amigos foram rareando e hoje são quase inexistentes. Gostava e ainda gosto de me relacionar com os cumpadres e as cumadres, mas uma volta ao interior, meu de minha família e amigos reais fez comque, necessariamente, eu precisasse reduzir minhas incursões internéticas para dar a atenção que todos estes entes de carne e osso necessitam. O cuidado com a DVD Hall, minha locadora de DVDs, a introspecção aqui no Reinehr.org, o esmero com o Simplicíssimo, uma nova e intensificada dedicação à Medicina, ao aprendizado de cuidados de saúde e bem-estar, leituras anarquistas, romance, livros técnicos sobre cinema, a arte de escrever, encontros literários nas quintas, criação e manutenção do site da Associação Gaúcha de Escritores e do Professor Orlando Fonseca, trabalho intenso, todos, sem exceção, me levaram a esta redução das viagens ao exterior.

    Agora, são dois novos projetos que se somam: a criação e divulgação do site Medicina & Saúde, voltado à informação de qualidade em Saúde e Bem-estar par ao público leigo e a fundação da Sillencio Edittora & Livvraria, meu desejo de tanto tempo que está tomando forma e deve virar realidade entre meados e fins de 2007.

    Quero ainda fazer algumas coisas que me atormentam há tempos: o download de toneladas de hits musicais desde os anos 60 (pelo menos) para acervo pessoal e para utilizar naqueles momentos em que precisamos – de quando em vez é absolutamente necessário – desligar nossa atenção do mundo e fazer um inventário de linques do coração: lugares que visitei ou visito e que geraram e geram boas sensações. Deram inclusive origem a um texto chamado "Bons momentos são guardados em Hiperlinks", que publicarei oportunamente.

    Preciso vender meu carro e comprar um mais barato, mais econômico e menos poluente. Estou em um processo para me tornar vegetariano (ou quase). Por motivos ecológicos (menos impacto ambiental) e também de preocupação com a vida e sofrimento dos pobres animaizinhos dos quais nos alimentamos. Vai levar algum tempo ainda. Mas estou no caminho.

    Preciso trabalhar menos horas e manter meu nível de remuneração (ou aumentá-lo) para poder tocar adiante idéias e projetos engavetados. Haja gavetas! Nem chegou o primeiro de janeiro e já estou fazendo re(s/v)oluções! Mais tempo de leitura, mais tempo de música, mais tempo de fotografia, mais tempo escrevendo, estudando, com a família, me exercitando, preparando comida e degustando, mais tempo contemplando…

    O Ano Novo começa já! O Ano Novo já começou! Que se faz da vida? Viva!

     

banner do Medictando - O Bem-estar ao seu alcance

Banner da Zen Nature produtos orgânicos, sustentáveis e oriundos do comércio justo

Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.