A Descolonização do Imaginário

By Rafael Reinehr | Quase-Idéias

Ago 24

A descolonização do imaginário, termo cunhado por Cornelius Castoriadis, trata justamente de libertar o indivíduo, trazendo-o de volta à singularidade roubada pelas forças normalizadoras e homogeneizadoras que subvertem o pensamento, fazendo-o acreditar nos ideais que o sistema estabalecido propaga.

Quer descolonizar seu imaginário? Conheça O Pensador Selvagem e, em breve, A Coolméia.

 

Assim como Portugal explorou os recursos humanos locais (indígenas) e africanos (escravos negros) e recursos naturais de acordo com seus próprios interesses em detrimento dos interesses do Brasil, então sua colônia, os detentores atuais do controle sobre o imaginário – as grandes corporações multinacionais, a mídia e a propaganda – tratam de vender para cada um de nós, de forma sutil e dissimulada, a percepção de que o consumo, o ter cada vez mais, a riqueza material, é o caminho para nossa felicidade.

A descolonização do imaginário, termo cunhado por Cornelius Castoriadis, trata justamente de libertar o indivíduo, trazendo-o de volta à singularidade roubada pelas forças normalizadoras e homogeneizadoras que subvertem o pensamento, fazendo-o acreditar nos ideais que o sistema estabalecido propaga.

Quer descolonizar seu imaginário? Conheça O Pensador Selvagem e, em breve, A Coolméia.

Banner da Zen Nature produtos orgânicos, sustentáveis e oriundos do comércio justo

banner do Medictando - O Bem-estar ao seu alcance

Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.