Como fazer churrasco I – Introdução e História

By Rafael Reinehr | Caldeirão de Sabores

Jul 14
Churrasco

Para recomeçar esta série do Caldeirão de Sabores, nada melhor do que falar de um assunto que é sucesso por onde quer que se vá, de Norte a Sul do país: o Churrasco.

A série de artigos a seguir tratarão de aspectos históricos e gastronômicos não somente do churrasco em si mas de todos os aspectos que o envolvem, desde o sal, os temperos, os cortes, componentes nutricionais, o material indispensável, o fogo, técnicas e conselhos úteis e tudo o que é necessário para se tornar um churrasqueiro ou churrasqueira de mão cheia.

ChurrascoDe origem gaúcha, região que compreende o Rio Grande do Sul, a Argentina, o Uruguai e o Paraguai, o Churrasco não é somente um alimento feito à base de carne assada, mas é também uma forma de lazer, de receber amigos e, porque não, um componente interessante dentro de uma alimentação saudável e equilibrada.

Do ponto de vista nutricional o churrasco é um componente importante de um prato equilibrado, já que fornece ótima quantidade de proteínas e sais minerais necessários ao bom funcionamento do organismo e, se harmonizado com a quantidade de fibras e carboidratos dos alimentos que o acompanham, como verduras, saladas, arroz, massa ou outro amido complexo, produz uma refeição perfeitamente saudável. Lembramos ainda que a proteína da carne vermelha, por conter triptofano, aumenta os níveis de serotonina, podendo contribuir para aumentar a sensação de contentamento, bem-estar, saciedade e alegria de quem o consome.

História

O churrasco surgiu na região dos Pampas Gaúchos, onde o transporte do gado de um local para outro se fazia necessário para a manutenção da engorda dos animais. Com a destruição dos Sete Povos da Missões, em 1768, grande quantidade do gado foi abandonado, o que acabou por criar um grande rebanho de gado selvagem espalhado pelos pampas. Posteriormente, os tropeiros em busca do ouro, com a grande oferta de carne que existia à sua frente, faziam paradas e nestas, passaram a assar a carne no fogo que também lhes aquecia durante a noite.

Depois, os invernadores continuaram a tradição que havia se iniciado. No transporte das reses, algumas eram assadas durante a viagem e como a carne era carregada no lombo dos cavalos, o suor destes acabava por salgar a carne que seria utilizada à noite. Com o passar do tempo surgiram as grandes fazendas, onde os peões que trasnportavam o gado reforçavam cada vez mais a tradição, fazendo o churrasco no fogo de chão, com valetas profundas para espantar o vento e em espetos de madeira que seguravam a carne sobre as brasas, utilizando-se já o sal grosso que era dado para a complementação alimentar do gado.

No início do século XX, a chegada dos imigrantes italianos introduziram no churrasco a carne de porco, frango e peixe, além de desenvolverem o famoso tempero vinha d’alho (Errata: o tempero vinha d’alho é, na verdade, de origem portuguesa. Obrigado a Dorean Paxorales pela correção). A partir daí, tudo é contemporaneidade, e veremos com mais detalhes a partir do próximo artigo como preparar um churrasco tão bom que deixará seus convivas com água na boca e gostinho de “quero mais”.

Todos os artigos da série Como fazer churrasco:

Como fazer churrasco I – Introdução e História
Como fazer churrasco II – Material indispensável para um Bom Churrasco
Como fazer churrasco III – Conheça os Melhores Cortes de Carne
Como fazer Churrasco IV – Como temperar carne para churrasco
Como fazer churrasco V – Quanta carne comprar para um churrasco?
Como fazer churrasco VI – Quanto tempo demora para a carne ficar pronta?
Como fazer churrasco VII – A churrasqueira
Como fazer churrasco VIII – Dicas e Conselhos Úteis (I de II)
Como fazer churrasco IX – Dicas e Conselhos Úteis (II de II)
Como fazer churrasco X – Links úteis para o bom churrasqueiro


(Parte do conteúdo desta série foi adaptada do livro Bíblia do Churrasco – O Verdadeiro Manual do Churrasqueiro)

Banner da Zen Nature produtos orgânicos, sustentáveis e oriundos do comércio justo

banner do Medictando - O Bem-estar ao seu alcance

Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.

(7) comments

Add Your Reply