Distúrbio Androgênico do Envelhecimento Masculino (DAEM) e Disfunção Erétil (Impotência)

By Rafael Reinehr | Andropausa e DAEM

Jul 23
on-off

Entre o dia 28 e 31 de julho, a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Santa Catarina estará promovendo a Campanha de Esclarecimento sobre Doenças da Andrologia, através da Semana da Saúde Masculina.

O objetivo da Campanha é orientar a parcela mais descuidada da população brasileira – os homens – acerca de enfermidades endocrinológicas que podem ser melhor cuidadas se diagnosticadas precocemente, como a DAEM e a Disfunção erétil.

DAEM é o nome atual para Andropausa, termos este cada vez mais em desuso, e significa Distúrbio Androgênico do Envelhecimento Masculino, e decorre da deficiência de testosterona na corrente sangüínea.

A testosterona é o mais importante dos hormônios sexuais do homem, também conhecido como andrógeno ou androgênio. É produzida principalmente pelos testículos e tem funções importantíssimas no corpo do homem tais quais:
 

  • Na sexualidade e na reprodução: estimula a libido (desejo sexual) e a qualidade e a freqüência dos orgasmos, além de ser fundamental para que haja uma ereção sustentada.

  • Na musculatura: auxilia na síntese de proteínas e aumenta a massa muscular

  • Na produção de sangue: estimula a medula óssea, aumentando o número de glóbulos vermelhos e a concentração de hemoglobina, partícula que carrega o oxigênio

  • No cérebro: tem efeitos benéficos sobre o desempenho mental, sensação de bem-estar geral e bom humor.

on-offGeralmente a testosterona começa a diminuir no corpo do homem a partir da quarta década de vida, estimando-se uma queda de 1% ao ano. Quedas mais acentuadas podem levar ao DAEM, cujos principais sinais e sintomas seguem:

Ossos: perda de densidade óssea, levando à possível osteoporose, dor nas articulações e fraturas

Cognitivos: desânimo, menor agilidade mental, diminuição da atenção, alterações do estado de ânimo e humor

Função sexual: diminuição da libido e disfunção erétil (impotência)

Composição e força muscular: diminuição da massa muscular e aumento da gordura corporal (especialmente no abdômen) e diminuição da força

Pele: ressecamento

Anemia: levando a cansaço crônico e prejuízo da atividade física e intelectual

Um dos sintomas que efetivamente mais trazem os homens aos consultórios dos urologistas e endocrinologistas é a disfunção erétil. Por disfunção erétil entende-se a dificuldade em obter e manter uma ereção suficiente para a realização satisfatória do ato sexual. Sempre precisamos lembrar que falhas eventuais podem acontecer por cansaço, preocupação ou falta de atração sexual, não configurando-se em doença. Entretanto, se estas falhas forem regulares e repetidas, devem ser avaliadas e provavelmente necessitarão de tratamento.

Para verificar se você tem Disfunção Erétil, uma maneira prática é responder o questionário “Sexual Health Inventory for Men – SHIM”( Índice Internacional de Função Erétil – versão reduzida). Um resultado inferior a 21 já pode significar uma leve disfunção erétil. Clique aqui para fazer o teste e saber como anda sua função erétil.

Para saber mais sobre a Campanha, acesse a página da SBEM-SC.

banner do Medictando - O Bem-estar ao seu alcance

Banner da Zen Nature produtos orgânicos, sustentáveis e oriundos do comércio justo

Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.

(7) comments

Add Your Reply