Vitaminas do Complexo B, Homocisteína e Osteoporose em Homens e Mulheres Idosos

By Rafael Reinehr | Osteoporose

Jul 08
Osteoporose

Sabe-se que níveis elevados de homocisteína no sangue é um forte fator de risco para fraturas osteoporóticas em idosos e que os mesmos podem significar baixos níveis de vitaminas do Complexo B na circulação.

Um estudo publicado na edição de junho de 2008 do The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism mostrou que níveis de vitamina B6 e vitamina B12 estão inversamente correlacionados com a incidência de fraturas de quadril em idosos, entretanto a significância estatística deixa de existir quando se leva em conta parâmetros como o nível de vitamina D, de homocisteína e a densidade mineral óssea basal.

Já pacientes com níveis de homocisteína acima de 14mcmol/L têm uma incidência 70% maior de fraturas de quadril em relação aqueles com níveis normais, mesmo após correção pelos níveis de vitamina B6 e B9 (ácido fólico). Entretanto, também se verificou uma atenuação do efeito quando levado em conta o nível de vitamina B12.

Osteoporose

A conclusão do estudo é a de que níveis baixos de Vitaminas do Complexo B – e não somente de vitamina D – podem estar associados a uma menor saúde do osso, apesar de não explicarem totalmente a relação entre homocisteína e fratura de quadril.

Uma dieta plena de alimentos ricos em vitaminas do complexo B está indicada em todas as idades, sendo mais importante à medida em que envelhecemos.


Anuncie

Banner da Zen Nature produtos orgânicos, sustentáveis e oriundos do comércio justo

banner do Medictando - O Bem-estar ao seu alcance

Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.

(2) comments

Add Your Reply