Como resolver nossos problemas de forma holística?

By Rafael Reinehr | Generalidades

dez 27
Cuidado integral

Os problemas que afetam as comunidades raramente aparecem de apenas uma fonte.

É impossível, por exemplo, isolar uma causa de declínio das notas de uma turma de alunos em provas nacionais. O sucesso das crianças depende não apenas do material que elas estudam e como eles são ensinados, mas também se elas tem os livros e computadores de que precisam (um problema relacionado ao financiamento governamental), se elas tem um bom café da manhã e se sentem seguras em casa (um problema relacionado ao bem-estar e segurança econômica), e se elas se sentem saudáveis e cheias de energia (um problema relacionado ao acesso a cuidados de saúde). Se nós atendermos apenas a um desses fatores, podemos estar colocando um curativo no problema, mas não o iremos resolver.

Para firmar o tecido que constitui nossas comunidades, precisamos puxar todos os fios ao mesmo tempo: empoderar as gerações mais jovens, dar suporte às famílias, promover a educação, melhorar os cuidados à saúde e proteger a segurança da vizinhança. Ao redor do mundo, existem exemplos fabulosos de comunidades que adotaram uma abordagem holística para melhorar seus desafios. Quase sem exceção, tais abordagens tocam mais pessoas e produzem mais resultados do que foram projetados para resolver.

Baseado nessa premissa, você possui exemplos de situações nas quais uma abordagem holística conseguiu modificar o rumo de comunidades no Brasil ou no mundo? O que você pensa acerca desta possibilidade, desta abordagem?

Para participar desta discussão, dê um pulinho lá no OPS! Debate, clicando no link a seguir: http://opensadorselvagem.org/forum/5-verao-de-2010-11/100-como-resolver-nossos-problemas-de-forma-holistica

Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.