Qualquer idiota pode ver como as coisas estão feias

By Rafael Reinehr | Entre Aspas

Out 11
localcolor

“Sempre há um idiota que nos julga pelo que fazemos. As piores críticas geralmente vem das pessoas que não fazem ideia do que fazemos, não tem dons próprios e que ficam irritadas quando estamos felizes e alegremente nos provocam. A menos, é claro, que estejamos deixando o mundo mais feio. Então, esses tipo de pessoa vai segurar nossa mão com prazer e danãr conosco na sarjeta dizendo que, assim como eles, vemos como aquilo é horrível e se comprazem em comemorar. Mas desde cedo descobri que qualquer idiota pode ver como as coisas estão feias. Não é preciso ter nenhum dom para isso…”

localcolor

O trecho aí de cima, que faz muito sentido para mim, foi retirado da fala do personagem John Talia (Trevor Morgan), o jovem aspirante a pintor que busca ter lições com o mestre da pintura representativa Nicoli Seroff (Armin Mueller-Stahl), um velho rabugento que perdeu sua esposa na Grande Extrusão ordenada por Stálin. O filme O Mestre da Vida (Local Color, 2006), dirigido por George Gallo, é uma lição de sensibilidade artística mas também uma mensagem de humildade perante a vida. Recomendo.

banner do Medictando - O Bem-estar ao seu alcance

Banner da Zen Nature produtos orgânicos, sustentáveis e oriundos do comércio justo

Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.

(3) comments

Add Your Reply