25/04/2003 – #020 – Atchim! Saúde, né!?

By Rafael Reinehr | Editoriais

Ago 12

Pneumonia asiática (ou canadense) batendo à nossa porta (ou entrando pela nossa janela) e o mundo segue a girar… Elocubrando: será que esse vírus não foi manipulado e criado em um laboratório norte-americano elançado lá na China (perto da Coréia do Norte, sabe…) durante a guerra (ouum pouquinho antes) enquanto as atenções estavam voltadas para o Iraque,para, ao invés de enfrentar o furacão atômico vermelho em outra guerra, otal vírus fizesse o trabalho? (é incrível como escrevo frases longas semponto final…; tenho que melhorar isso!)  Pneumonia asiática (ou canadense) batendo à nossa porta (ou entrando pela nossa janela) e o mundo segue a girar… Elocubrando: será que esse vírus não foi manipulado e criado em um laboratório norte-americano elançado lá na China (perto da Coréia do Norte, sabe…) durante a guerra (ouum pouquinho antes) enquanto as atenções estavam voltadas para o Iraque,para, ao invés de enfrentar o furacão atômico vermelho em outra guerra, otal vírus fizesse o trabalho? (é incrível como escrevo frases longas semponto final…; tenho que melhorar isso!) O tal vírus poderia ter sidoinoculado lá por um agente da CIA disfarçado… É abominável pensar isso!Seguindo o raciocínio, porque não existem casos nos EUA? Talvez porquecasualmente, ainda não tenham chegado lá… Mas também, se vierem a chegar,a vacina (ou o antídoto já são conhecidos) e só vão ser expostos quando apopulação americana estiver em grande risco (ou quando o objetivo deeliminar parte da população amarela (especialmente norte-coreana) estivercumprido. Mas, devaneios a parte, isso daria um bom filme de ação…

Faz algum tempo que não consigo ir ao Sarau Elétrico… Tenho um curso nas terças até às 22 horas até fim de maio… Para quem não sabe, o Sarau Elétrico é um dos eventos mais interessantes da noite portoalegrense (é junto que se escreve?). Lá o Luis Augusto Fischer, a Kátia Suman e o Frank Jorge, com participação especial do Cláudio Moreno fazem uma das mais interessantes atividades literárias que se tem conhecimento: leitura de textos, em prosa e poesia, sempre com um tema interessante, seguido de uma apresentação musical. Acontece no Ocidente, ali na Oswaldo Aranha, em frente ao Araújo Vianna, sempre lá pelas 21:00 (nas terças!). Vale a pena conferir. E não chegue atrasado senão não conseguirás lugar para sentar! A propósito: tenho que conseguir o e-mail do Frank Jorge para incluí-lo como assinante do Simplicíssimo. Essa figura é ímpar! O Fischer já incluí. Quem não o conhece, conhece mas talvez não ligue o nome à pessoa: autor do Dicionário Impreciso de Porto-Alegrês (que quem ainda não possui, deve ir correndo adquirir!), entre milhares de outras atividades…

Chegamos à edição de número 20, em exato meio ano de vida! Momento de comemoração, ainda mais que ultrapassamos a "barreira psicológica" (termo tão em voga na economia hoje em dia) dos 100 assinantes. Nessa edição, passamos a contar com exatos 101 leitores (entre ocasionais, assíduos e "sabe lá há quanto tempo não abriram a caixa de e-mail"). Muito nos honra esse aumento lento mas gradual do número de bravos resistentes. Em breve, estaremos ampliando esse número, já que, até julho deste ano, o Simplicíssimo também terá sua página exclusiva na Internet, após tratativas com João Francisco C. de Oliveira, consultor e designer gráfico de páginas de Internet (entre outras funções). Com a página, a interatividade leitores-jornal e mesmo leitores-leitores será muito maior proporcionando deleite a prazer aumentados na degustação mental dos artigos publicados.

Nessa edição contamos com uma nova seção inconstante – Kritik und Kommentar – onde nossos leitores enviam críticas e comentários acerca dos artigos, ensaios ou textos enviados por outros colaboradores/leitores. Mais uma vez, "você dono de um jornal"! Sinta-se livre para participar! A propósito: A Cartilha do Simplicíssimo já está terminando na próxima edição! Aguardem um substituto à altura!

A Psicodelia Infinita Impressa No Éter Universal está apenas começando! A jornada é sinuosa e circular ao mesmo tempo… Vamos juntos nessa que quem tá na chuva é pra se molhar (ou coisa assim…)!

Rafael Luiz Reinehr

Banner da Zen Nature produtos orgânicos, sustentáveis e oriundos do comércio justo

banner do Medictando - O Bem-estar ao seu alcance

Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.