Existe lugar para um tipo de vida "socialista" ao invés do atual modo de vida capitalista?

Posted By Rafael Reinehr on dez 19, 2009 | 4 comments


Hoje propus, no Debatewise, uma discussão acerca da possibilidade, em pleno século XXI, de um modo de vida socialista. Coloquei lá a pergunta e complementei com a seguinte introdução:

Capitalism defines the current main type of relationships in the majority of the world, with exception of some minor guettos (like indians, aboriginal people and alternative squats and neighborhoods). Is there willing somewhere and people anxious to change this paradigm?

Minha resposta à minha própria pergunta, segue abaixo:

There are lots of people trying to live in a more communal way of living, struggling against individualism.

If you look for the job of people like Paul Hawken (wiserearth.org), Alex Stevens (worldchanging.org), read the books of Bill McKibben (like Deep Economy – The Wealth of Communities and The Durable Future), Jacqueline Novogratz (The Blue Sweater – Bringing the Gap Between the Rich and Poor in an Interconncted World) and István Mészáros (The Challenge and Burden of Historical Time – Socialism in the Twenty-First Century), yes, you can assume that there are lots of people trying to live more like human sencient beings than like automated and massified human “particles”.Love, compassion, sharing, cooperation seems so old-fashioned in the ears of most of us today, but there´s still a profound sentiment that tell us that those akward words mean something truly important, something that could lead us to better times, times where we will struggle less, live more and finally get close of what ancientally we used to call happiness.

Se você quiser fortalecer meu ponto de vista (ou atacá-lo, fique à vontade), o endereço para fazer isso é o que segue: http://debatewise.org/debates/1532-is-there-a-place-for-a-socialist-type-of-living-instead-of-the-current-capitalist-type

Compre-me um caféCompre-me um café
Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.

4 Comments

  1. Estão do seu lado e você não vê…
    Não Cubano, infelizmente existe um mundo já germinado, latejando em frente aos teus olhos e você não vê. O socialismo é uma realidade viva que existe em cada ecovila, comunidade alternativa, nas experiências de economia solidária que se multiplicam sem que as pessoas que não tem interesse (ou preguiça demais para procurar) tomem conhecimento. Se, além do espanhol que aprendeste em Cuba, também manjas um pouco de inglês, podes comprar um livro chamado WorldChanging, ou outro chamado Deep Economy e ver experiências genuinamente socialistas (e não estes exemplos fracassados que os críticos, detentores do poder e pessoas mal-informadas têm).

    Se, ainda, não tiveres tempo ou estás com preguiça mas ficou curioso em saber mais, apenas me passe teu e-mail que te incluo em um mailing no qual estou traduzindo para o português e incluindo uma série de experiências bem reais sobre o que pode ser chamado de socialismo ou anarquia EM EXISTÊNCIA.

    Isso é um convite real para quem se interessa de verdade por um mundo melhor e não um convite de um grupo de “oportunistas” como bem poderás verificar.

    Abraço fraterno.

    Post a Reply
  2. Socialismo nunca
    experiências coletivas por ai. De que experiencia vc fala meu? De Cuba? URSS? Korea do Norte? China?

    Socialismo e uma turma de oportunistas querendo juntar um coletivo para eles ter control total e ficar no poder eternamente.

    Para isso se utiliza de truques como igualdade, fraternidade e essas baboseiras. Vcs nao tem experiência e so aprenden a parte teorica essa e muito bonita e muitas pessoas com boas intencoes como vcs ajudam aos patrocinadores e futuros ditadores.
    Ja se preguntaram porque sempre e digo sempre 100% os lideres dos paises que implantam o socialismos ficam no poder ate morrer? Lenin, Stalin, Kruchev. Briznev, Fidel, Mao, Kil il son, Tito, Jarulsezki, etc e agora Chavez na venezuela. Pensem amigos vivi por 30 anos em Cuba e conheco quase todo. O capitalismo com um governo que saiba distribuir socialmente como na europa, e a melhor opcao. Acreditem em vcs e nao em lideres que falam bonito.

    Post a Reply
  3. socialismo
    Caro,
    eu acredito e luto cotidianamente para que superemos o individualismo, os preconceitos, os abusos, as violências, a desigualdade, a concentração de riqueza e saber, enfim para que consigamos plantar as bases necessárias para que a sociedade socialista seja construida, tanto em nível da subjetividades como da institucionalidade, essas duas dimensões precisam andarem e consolidarem-se conjuntamente.
    Entretanto, sei que é uma luta difícil, que o inimigo (capitalismo) é um adversário hábil, perigoso, enraizado no mais profundo dos nossos pensamentos e estruturas, assim sendo a ação precisa de coerencia, persistencia, estratégia e foco para que possamos vislumbrar a possíbilidade do socialismo.

    Post a Reply
    • O Socialista razoável
      Jo, estou nessa contigo. Não sei se chamo meu socialismo de “libertário” ou “utópico”, mas falo daquele socialismo construído conjuntamente, que começa pela educação e informação, segue pelo exemplo dos bons frutos que se tem colhido nas experiências coletivas por aí e finalmente acaba na conscientização, no despertar e na aceitação de novas atitudes e modelos.

      Onde você trabalha e o que faz, se é que posso saber?

      Post a Reply

Deixe uma resposta para jo gamba Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: