Tag Archives for " conhecimento "

Rafa e Sushi na Morada das Bromélias
Nov 14

A Síndrome do Impostor e o Efeito Dunning-Kruger

By Rafael Reinehr | Buscando a si mesmo , Hábitos Zen

Hoje estamos descansando, Sushi, eu e mamãe @luanarosa.bio e aproveito a chuvinha gostosa e o canto dos pássaros para revisar alguns apontamentos dos estudos e formações que fiz nos últimos 3 anos.

Encontrei anotações que fiz sobre a Síndrome do Impostor, que acontece quando, à medida que você mais sabe sobre um assunto, mais você não se sente uma autoridade sobre ele; e o seu oposto, o Efeito Dunning-Kruger, no qual pessoas que não tem conhecimento sobre um assunto tendem a ter uma falsa confiança de que de fato sejam especialistas naquele assunto. Vira uma tendência de você achar que sabe todos os fatos que há para saber, que o que você sabe é tudo que há para saber.

Lembrei disso porque, hoje em dia, pelo menos na amostra (viciada) que perpassa minhas mídias sociais e círculo de conhecidos, vejo uma “onda crítica” em direção à figura do Coach.

Essa onda se baseia não somente em especulação, mas em fatos. Perfis aqui do Instagram como @dicas_anticoach e @coachdefracassos são, além de hilários, um maravilhoso repositório do que de pior o empreendimento humano pode proporcionar. Recomendo fortemente a visita para uma dose diária de inspiração (?) e boas gargalhadas.

Ao mesmo tempo, como médico endocrinologista, olho para o lado e vejo colegas de profissão criticando a profissão ou ocupação de coach de forma generalizada, como se não houvessem pessoas sérias, que realizaram estudos aprofundados em instituições igualmente sérias, que dedicam seu tempo ao aperfeiçoamento do tempo e bem-estar humano. Esses mesmos colegas que estão preocupados apenas com a regulação bioquímica de alguns parâmetros biológicos e que não conseguem ver o indivíduo que se lhes apresenta à frente como um ser humano integral.

Se estou cada vez mais distante da medicina industrial que é dominante em nosso país e no Ocidente, estou cada vez mais próximo da Medicina, aquela do radical “mederi” (o mesmo de Meditar), que significa “saber o melhor caminho” ou “tratar”. Curar não só com medicamentos, mas com o olhar, a atenção plena, com a boa energia e os bons desejos, com o apoio mútuo e a troca de saberes e sentires.

Isso não me afasta da Ciência, mas me aproxima mais do Humano.

Ciência e Humanidade sempre serão complementares. Alimentam-se um do outro, são interdependentes. Quando usamos a Ciência como ferramenta única, me parece que perdemos um pouco da sutileza, do toque e da brandura necessárias à transformação maia profunda do ser humano. Quando adicionamos pitadas generosas de olhar, ouvir e respeitar, conseguimos promover mudanças mais integrais. Intensas. Profundas. Duradouras.

E isso independe se estamos nos relacionando com um profissional com CRM, CRP, CRN, CRTH ou outro Conselho, ou profissionais não credenciados, desde que imbuídos no verdadeiro espírito de ajudar ao ser humano ao invés de utilizar conhecimento parcial e estratégias de ludibriá-lo para benefício próprio.

Como já dizia Hannalore Gerling-Dunsmore: “Se tivermos uma grande parcela da população que não tem pensamento crítico e não sabe avaliar suas fontes, serão fáceis de manipular“.

Então, o que posso pedir nesta manhã chuvosa é: fique atento, sinta, observe, colha dados de boas fontes, peça boas indicações de pessoas confiáveis, analise os resultados (não somente aqueles oferecidos por quem está vendendo algo, mas por fontes indepententes) e siga em frente com cautela. Existem muitos bons seres humanos por aí, mas muitos estão se perdendo no caminho. Cabe a você utilizar o Bom Discernimento para separá-los.

Vida longa e boa para você. Namastê. 🙏❤️👊

Josh Kaufman ensina como aprender qualquer coisa em 20 horas
Jul 16

Como aprender qualquer coisa em 20 horas – Josh Kaufman – TEDxCSU

By Rafael Reinehr | Aprendizagem , TED

Josh Kaufman nos conta neste vídeo sobre como é possível, a qualquer um de nós, aprender “qualquer coisa” de forma decente em apenas 20 horas.

Se você busca excelência em um campo concorrido, e quer se destacar como médico, grande mestre do xadrez, atleta de elite, você precisa investir cerca de 10.000 horas de sua vida para masterizar algo. Entretanto, para conseguir dominar algo novo, apenas 20 horas de dedicação focada e prática são suficientes para adquirir uma nova habilidade, é o que defende o professor Kaufman.
No vídeo ele nos ensina sobre os…

4 passos simples para aquisição rápida de habilidades

  1. Desconstrua a habilidade

  2. Aprenda o suficiente para se auto-corrigir

  3. Remova distrações e barreiras à prática

  4. Pratique por pelo menos 20 horas

E nos lembra que as maiores barreiras para aquisição de algo novo não são intelectuais. São emocionais. É aquela voz interna que lhe diz que você não é capaz. Então, aventure-se! Decida o que você quer aprender a vá atrás. Dedique-se por 20 horas e depois me conte o que você aprendeu.

Veja o vídeo clicando aqui (ative as legendas em português, se necessitar):

 

Atualização em 02/03/2018 (18:23): meu amigo Antonio Candia acaba de me apresentar a Mike Boyd, um escocês que aprende tudo em “tempo recorde” e registra sua jornada em seu canal do YouTube! Vale muito a pena conferir o cara clicando aqui
imagem de uma pena com borboletas saindo
Jun 28

Exercício de Escrita Criativa e Produtividade

By Rafael Reinehr | Experimentalismo , Literatura

Nas próximas 13 semanas irei propor um desafio a mim mesmo: escreverei sobre 13 temáticas diferentes, uma a cada semana, sempre às segundas-feiras. E quero saber se você que está me lendo agora aceita ser meu convidado nesta jornada, compartilhando tuas ideias, críticas e sugestões – tanto ao conteúdo quanto ao formato daquela semana. Isso me ajudará muito a escolher o formato no qual eu deva me comunicar com mais frequência, compartilhando os saberes que tenho acumulado com meus amigos, pacientes e com a minha audiência.

As 13 temáticas serão as que seguem, em ordem:

  1. Contar uma história pessoal (03 de julho)
  2. Descrever um evento histórico (10 de julho)
  3. Revisar um livro, filme ou disco (17 de julho)
  4. Comentar sobre uma citação poderosa (24 de julho)
  5. Deixar que uma grande foto me inspire (31 de julho)
  6. Comentar sobre algo que está nas notícias (7 de agosto)
  7. Reportar sobre um diálogo interessante que tive (14 de agosto)
  8. Oferecer uma explicação passo-a-passo para fazer algo (21 de agosto)
  9. Oferecer uma lista de recursos (sobre algo interessante ou útil) (28 de agosto)
  10. Responder às questões da minha audiência (4 de setembro)
  11. Tornar uma tarefa aparentemente muito difícil algo fácil (11 de setembro)
  12. Explicar as razões que me fizeram tomar uma dada decisão (18 de setembro)
  13. Escrever um guia sobre algo popular (25 de setembro)
Estes temas foram inspirados na leitura do livro Platform, de Michael Hyatt, que em seu capítulo vinte e três sugere que mantenhamos uma lista de ideias sobre o que postar. Resolvi postar sobre todas elas como um exercício e um desafio ao mesmo tempo.
As postagens todas serão publicadas originalmente no Reinehr.org e os links serão replicados no meu perfil e página do Facebook, na minha conta do Twitter e no Instagram.
Curta, compartilhe e comente. Tua participação ajudará a definir a melhor forma de me comunicar contigo e com as pessoas que desejam saber mais sobre os assuntos que publico.
Artigos científicos com Acosse Livre!
Jun 22

Artigos científicos serão totalmente liberados na União Européia até 2020

By Rafael Reinehr | Saúde da Sociedade , Sociedade

Em busca do conhecimento livre:

No último dia 27 o Conselho de Competitividade da União Européia determinou que todos os artigos acadêmicos produzidos por instituições públicas ou privadas do bloco econômico deverão ser disponibilizados em caráter de Acesso Aberto até o ano de 2020.paywall

Fonte: http://meiobit.com/345185/uniao-europeia-determina-que-todos-artigos-cientificos-produzidos-no-continente-sejam-disponibilizados-em-acesso-aberto-ate-2020-elsevier-e-nature-sao-contra-a-resolucao/

Enquanto isso, vamos de Sci-Hub!

1. https://en.wikipedia.org/wiki/Sci-Hub

2. http://www.sci-hub.io/ (frequentemente fora do ar ultimamente, em função de brigas judiciais)

Artigos científicos com Acosse Livre!
Jun 22

Artigos científicos serão totalmente liberados na União Européia até 2020

By Rafael Reinehr | Saúde da Sociedade , Sociedade

Em busca do conhecimento livre:

No último dia 27 o Conselho de Competitividade da União Européia determinou que todos os artigos acadêmicos produzidos por instituições públicas ou privadas do bloco econômico deverão ser disponibilizados em caráter de Acesso Aberto até o ano de 2020.paywall

Fonte: http://meiobit.com/345185/uniao-europeia-determina-que-todos-artigos-cientificos-produzidos-no-continente-sejam-disponibilizados-em-acesso-aberto-ate-2020-elsevier-e-nature-sao-contra-a-resolucao/

Enquanto isso, vamos de Sci-Hub!

1. https://en.wikipedia.org/wiki/Sci-Hub
2. http://www.sci-hub.io/ (frequentemente fora do ar ultimamente, em função de brigas judiciais)

May 24

Decifrando dores e desejos: Chegaram os novos livros de marketing digital

By Rafael Reinehr | Bem-estar , Blogs e Internet , Dicas e Truques , Efervescências , Medicina e Saúde , Medictando , Novidades!

Recebi hoje da Amazon alguns livros sobre marketing digital, psicologia de consumidores, storytelling e assuntos afins.

Continua a jornada iniciada no verão/outono de 2015 e que está me levando a construir, junto com meu Time, uma das mais sensacionais, prazerosas e significativas empreitadas dos últimos tempos: o melhor e maior portal de Educação em Saúde, Bem viver, Qualidade de Vida e Felicidade do nosso planeta.

 

Vem comigo nessa jornada.

Assine o feed do blog e acompanhe o passo a passo da criação desse empreendimento coletivo.

image

utopia
Apr 14

Transladando teoria em prática

By Rafael Reinehr | Medictando

De que serve ler palavras?

As lerei com meu corpo.

Como pode um enfermo beneficiar-se

lendo um livro de medicina?

Shantideva

 

Na edição passada, fiz um convite aos leitores:

que me ajudassem a esclarecer como se faz para transformar teoria em prática. Hoje começaremos a investigar esta questão.

Um aspecto interessante da vida médica diz respeito ao caminho necessário a trilhar entre o conhecimento e a aplicação prática daquilo que foi aprendido.

Sabemos, tanto por experiência quanto pela análise de estudos científicos, que quanto mais complexas as medidas que precisamos implementar em nossas vidas, menor é a aderência a tais

Por exemplo, é muito mais fácil conseguir aderência de uma paciente a um tratamento medicamentoso por curta duração do que por longo prazo. A aderência ao tratamento de uma pneumonia é muito mais provável do que a de osteoporose, diabetes ou obesidade. Dentro de tratamentos de curto prazo, aquelas medicações com uma só tomada ao dia tem chances muito maiores de adesão por parte do paciente do que aquelas que necessitam, por exemplo, três ingestas diárias. E, inalmente, tratamentos em que o uso de medicações são as responsáveis principais pela melhora dos pacientes acabam resultando em melhores resultados em geral do que aqueles em que a mudança de hábito de vida – incluindo, por exemplo, mudanças nos hábitos alimentares e realização de atividades físicas – são necessários.

Não se beneficia um paciente ofertando-lhe um livro de medicina – uma série de orientações práticas, detalhadas, factíveis e, de preferência, com pequenos passos por vez se faz necessária; em nossa vida profissional e pessoal também precisamos de certo planejamento e organização para transladarmos o conhecimento que adquirimos em ações práticas para benefício próprio e daqueles.

E quais seriam estas orientações que nos ajudariam a transformar teoria em prática? Chamo o fluxograma a seguir de “Vamos acampar?”, pois ele nos incita a fazer uma lista do que precisamos levar, por exemplo, quando vamos fazer um acampamento:

– Definir objetivos claros: o que queremos? para onde vamos? como vamos? com quem vamos? do que precisamos? como vamos conseguir o que precisamos?

– Antecipar possibilidades – e se não der certo, quais são as alternativas?

– Transformar crenças pessoais em problemas, para motivar mudanças

– Quebrar o complexo em partes menores

– Compreender o que se quer transformar e, finalmente

– Acompanhar o andamento do processo, corrigindo imediatamente o rumo quando necessário

Indo para a prática, então: há pouco mais de dois anos decidimos, minha esposa e eu, deixar de lado a vida de “sucesso” profissional que nos consumia por 12 horas dentro de um consultório cheio e mudamos de cidade e de vida, em busca daquilo que realmente fazia sentido para nós, em contraponto ao que a sociedade (e nossa família) espera de uma pessoa bem sucedida.

Este caminho, o que começa em saber exatamente o que se quer e não termina nunca, pois estamos sempre acompanhando e reavaliando o processo de caminhar, é o que estamos trilhando nesse momento. Só se aprende a viver vivendo. Como disse Thomas Fuller, “o conhecimento dirige a prática, mas a prática aumenta o conhecimento”.

Algo precisando ser mudado na sua vida? Leia a mudança não com o pensamento mas com sua própria vida.

Depois me conte. Mãos à obra!

Varal literário
Nov 16

Algumas citações para o Varal Literário de 12/11/2011

By Rafael Reinehr | Quarto Sobrescrito

Selecionei as citações abaixo para o Varal Literário que organizamos no calçadão no último sábado. Foram impressas em papel reciclado e coladas sobre papelão, penduradas em barbante com prendedores. Tenho fotos, mas ainda não as “revelei”.

Seguem. Espero que tragam inspiração.

“Se quiseres planejar para um ano, plante cereais. Se quiseres planejar para trinta anos, plante árvores. Se quiseres planejar para cem anos, eduque o povo.” Provérbio Chinês

“Seja a mudança que você quer ver no mundo” Mahatma Gandhi

“Nunca duvide de que um pequeno grupo de cidadãos conscientes e engajados consiga mudar o mundo. Na verdade, essa é a única via que conseguiu produzir mudanças até agora.” Margaret Mead

“Estamos nós, que vivemos no presente, condenados a nunca experimentar a autonomia, nunca pisarmos, nem que seja por um momento sequer, num pedaço de terra governado apenas pela liberdade? Estamos reduzidos a sentir nostalgia pelo passado, ou pelo futuro? Devemos esperar até que o mundo inteiro esteja livre do controle político para que pelo menos um de nós possa afirmar que sabe o que é ser livre? Tanto a lógica quanto a emoção condenam tal suposição. (…) Acredito que, dando conseqüência ao que aprendemos com histórias sobre “ilhas na rede”, tanto do passado quanto do futuro, possamos coletar evidências suficientes para sugerir que um certo “enclave livre” não é apenas possível nos dias de hoje, mas é também real. Toda minha pesquisa e minhas especulações cristalizaram-se em torno do conceito de Zona Autônoma Temporária.” Hakim Bey

“Meu país é o mundo, e minha religião é fazer o bem.” – Thomas Paine

 

“Ninguém é mais irreversivelmente escravizado do que aqueles que falsamente acreditam ser livres.” Johan Wolfgang von Goethe

“A verdadeira revolução é a revolução da consciência, e só pode ser feita por cada um de nós. Precisamos aprender a combater o ruído materialista divisionário que temos sido levados a acreditar que é a verdade.

Não podemos conseguir uma radical transformação da consciência, não aceitar as coisas como são, mas ir até elas, investigá-las, dar nosso coração, nossa mente.

Mas isso depende só de nós mesmos, pois não existe pupilo, líder, mestre ou guru. Você mesmo é o mestre, o pupilo, o líder, o guru. Você é tudo. Entender é transformar o que é.”Krishnamurti

 

“Onde está a vida que perdemos quando vivos?
Onde está o conhecimento que perdemos com a informação? Onde está a sabedoria que perdemos com o conhecimento?”
(Eliot – Coros de “A Rocha”)

 

“Deve a religião cristã durar? Que idéia! Ela sucedeu a milhares de outras religiões, hoje todas mortas e enterradas. Milhões de deuses precederam a invenção do nosso. Multidões deles morreram e foram esquecidos desde há muito. Nosso Deus é, contra toda expectativa, o pior que a engenhosidade do homem engendrou em sua imaginação enferma; e seria preciso que com todo o Seu cristianismo, Ele permanecesse imortal, contradizendo as lições que podemos extrair da história teológica? Não, é claro. O cristianismo e seu Deus devem submeter-se à regra comum. Eles, por sua vez, apagar-se-ão e darão lugar a um outro Deus e uma religião ainda mais estúpida do que a nossa.” Mark Twain

 

“A razão, meu amigo, sim, só a razão nos deve advertir de que prejudicar nossos semelhantes nunca nos pode tornar felizes, e nosso coração nos deve dizer que contribuir para sua felicidade é o maior bem que a natureza nos concedeu sobre a terra; toda a moral humana está contida nessa única frase: tornar os outros tão felizes quanto desejamos sê-lo nós mesmos e nunca lhes fazer mais mal do que gostaríamos de receber.

Eis, meu amigo, os únicos princípios que deveríamos seguir, e não há necessidade nem de religião, nem de deus para experimentar e admitir isso; é preciso tão somente um bom coração.” Marquês de Sade

 

“Virá um tempo em que a arte de governar o homem desaparecerá. Uma nova arte tomará o seu lugar, a arte de administrar as coisas”. – Saint Simon

 

“O anarquismo não acredita em nenhuma verdade absoluta ou em qualquer objetivo final definido para o desenvolvimento humano, mas em um aperfeiçoamento ilimitado dos padrões sociais e condições de vida humana que estão sempre se esforçando para chegar em formas mais elevadas de expressão, às quais, por esse motivo, não podem designar nenhum fim definitivo ou estabelecer nenhum objetivo fixo. O grande mal de qualquer forma de poder é que ele sempre tenta forçar a rica diversidade da vida social em formas definidas e ajustá-la a normas particulares. (…) É o triunfo perfeito da máquina política sobre a mente e o corpo, a racionalização do pensamento humano, o sentimento e o comportamento de acordo com as regras estabelecidas pelas autoridades e, conseqüentemente, o fim de toda cultura intelectual verdadeira.” – Rudolf Rocker

“A liberdade é a verdadeira essência da vida, a força propulsora de todo desenvolvimento intelectual e social, a criadora de toda perspectiva para a humanidade futura. A libertação do homem da exploração econômica e da opressão intelectual, social e política, que encontra sua maior expressão na filosofia do anarquismo, é o primeiro pré-requisito para a evolução de uma cultura social superior e de uma nova humanidade.” Rudolf Rocker

 

FRASES DE MUROS

“Combata a fome e a pobreza! Coma um pobre!” (de um muro em Buenos Aires)

“Bem-vinda classe média!” (dizer na entrada de um dos bairros mais miseráveis de Buenos Aires)

“Deixemos o pessimismo para tempos melhores” (de um muro em Bogotá) “Basta de fatos! Queremos promessas!”
“Existe um país diferente, em algum lugar”

“Quando tínhamos todas as respostas, mudaram as perguntas” (de um muro em Quito)

 

Melhores ou piores, é a mesma coisa. A bota que nos pisa é sempre uma bota. Já compreendereis o que quero dizer: Não mudar de senhores, mas não ter nenhum.” Bertold Brecht

 

“Posso não concordar com nada do que você disser, mas defenderei até a morte o direito que tem de discordar de mim.” Voltaire

 

“A certeza absoluta é privilégio de mentes não educadas e de fanáticos” C. J. Keyser

 

 

 

“Há homens que são como as velas; sacrificam-se, queimando-se para dar luz aos outros ” – Antônio Vieira

 

“Uma sociedade sustentável é aquela que satisfaz suas necessidades sem diminuir as perspectivas das gerações futuras” Lester Brown

 

“A lei nunca fará os homens livres. São os homens que devem fazer a lei livre.” Henry David Thoreau

 

“O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons.” Martin Luther King

 

“O homem que se engaja e que se dá conta de que ele não é apenas aquele que escolheu ser, mas também um legislador que escolhe simultaneamente a si mesmo e a humanidade inteira, não consegue escapar ao sentimento de sua total e profunda responsabilidade” Jean Paul Sartre

 

“Como pois interpretar
o que os heróis não contam? Como vencer o oceano
Se é livre a navegação
Mas proibido fazer barcos?”
– Carlos Drummond de Andrade

 

“A felicidade só é real se compartilhada” Alexander Supertramp

 

“O importante não é a pessoa acumular informações técnicas e habilidades especializadas, mas desenvolver sua própria humanidade. Educação não se refere a ter, mas a ser.” Confúcio

 

“Se você não encontra o sentido das coisas é porque este não se encontra, se cria” – Antoine de Saint-Exupéry

 

“Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção” Antoine de Saint-Exupéry

Convergencia
Sep 11

Decisões que mudam nossa vida

By Rafael Reinehr | Quase-Idéias

Hoje decidi algo importante,

que deverá mudar minha vida nos próximos anos: vou, decididamente, deixar a Medicina dormir. Com isso quero dizer que vou começar a buscar mais intensamente situações e condições que me permitam dedicar, cada vez mais, ao que vem me interessado nos últimos anos: Cooperação, Comunicação, Conhecimento e a Convergência destas matérias.

Vou tentar buscar alguma forma de sustentar este desejo,

me aliar a instituições ou projetos que permitam que eu dedique meu tempo à pesquisa, divulgação e implementação das ideias e ideais que temos desenvolvido e apresentado na Coolmeia, incluindo aí iniciativas educativas, de economia solidária, de sustentabilidade e de despertar individual.

Ainda não faço ideia de como farei para realizar esta “necessidade” nos próximos anos, mas logo depois de atender a alguns compromissos pré-assumidos para este ano, estarei começando a planejar e traçar novos rumos. Deseje-me sorte e eficiência.

Convergencia

Alvin Toffler e A Terceira Onda
Apr 14

A Terceira Onda – O Conhecimento – Alvin Toffler

By Rafael Reinehr | Entre Aspas

Na Primeira Onda, ou sociedades agrárias, a principal forma de capital era a terra. Se eu cultivasse a minha terra, você não podia cultivar a sua plantação na mesma terra ao mesmo tempo. Era ou você ou eu, nunca ambos. O mesmo era – e ainda é – verdade para o capital nas economias industriais da Segunda Onda. Você e eu não podemos usar a mesma linha de montagem ao mesmo tempo. Tudo isso se inverte nas economias da Terceira Onda, nas quais o conhecimento é a principal forma de capital. Você e eu podemos usar o mesmo conhecimento ao mesmo tempo e, se o usarmos com criatividade, podemos até mesmo gerar mais conhecimento.

O texto acima, retirado do site da amiga Clara Alvarez, é um excerto da obra do futurista Alvin Toffler. Recomendo a leitura de A Terceira Onda, livro do autor, como um exercício de raciocínio futurista. Vários insights são garantidos, mesmo que não concordemos com todas suas asserções e apostas.
Continue lendo

1 2 3