Ask: a fórmula online contraintuitiva para descobrir exatamente o que seus compradores querem comprar…

…criar uma massa de fãs que te adoram… e levar seu negócio para um outro nível.

Assim começa o livro Ask, de Ryan Levesque.

Sempre fui muito crítico com livros de publicidade, vendas, marketing. Curiosamente, na atual fase da vida, estou percebendo-os mais como uma ferramenta do que como um fim em si mesmos.

Seu conteúdo, e as técnicas que nos são passadas, podem ser utilizadas para produzir o bem, ou para explorar as pessoas.

O tempo dirá se estou fazendo a escolha certa e aperfeiçoando meu conhecimentos nessa área, em busca
de um impacto maior de minhas ações e projetos.

Como diria meu amigo Gi Nascimento: do meu Diário de Bordo, Araranguá, 24 de maio de 2016.

image

Pesquisa Remuneração

Você está feliz com seu trabalho?

Entre primeiro de setembro e primeiro de outubro de 2008, realizei uma pesquisa aqui no site para tentar entender o que as pessoas que aqui chegam sentem em relação ao trabalho, bem-estar e à remuneração que se vincula com este trabalho e este bem-estar.

O resultado foi o seguinte:

Pesquisa Remuneração

A conclusão a que cheguei analisando os dados acima foi que uma grande parte das pessoas prefere não "viver somente para o trabalho", mesmo que isso represente um incremento substancial (100%) da renda. Chegando a um patamar que lhes dê conforto, segurança e estabilidade financeiras, os votantes na opção "12 mil reais" preferem utilizar seu tempo com lazer ou outras atividades que lhes preencham do que utilizar as demais horas trabalhando mais para alcançar uma maior renda.

Me surpreendi com o grande percentual (32,2%) de pessoas que ficariam satisfeitas com uma rende de 3 mil reais para fazer 100% do tempo somente aquilo do que gostam. É claro que esta pesquisa sofre um grande viés: não leva em conta a remuneração atual do indivíduo que está votando. Ou seja, para alguém que ganha 1000 reais por mês, passar a ganhar 3 mil e fazer somente o que lhe dá prazer parece uma proposta aprazível. Mas e para quem ganha 24 mil, será que conseguiria passar a receber 3 mil e ficar plenamente satisfeito?

Obrigado a todos que votaram. Me ajudaram a pensar mais sobre o assunto. Ainda preciso de tempo para decidir por que caminho seguir. Quando decidir, compartilho com vocês a decisão.

Pesquisa “Você recicla o lixo que produz” chega ao fim

Entre 28 de julho e 01 de setembro de 2008, deixei no ar a seguinte pergunta: “Você recicla o lixo que produz?”. Agradeço a cada um que se deu ao trabalho de utilizar alguns segundos do seu tempo e votou na enquete.

As respostas mostraram o seguinte:

42,9% reciclam quase tudo

25% não reciclam

14,3% reciclam tudo

14,3% reciclam às vezes

3,6% reciclam raras vezes

Da pesquisa, podemos depreender que, entre os leitores do site reinehr.org que responderam à pesquisa, cerca de 57,2% das pessoas preocupam-se com a reciclagem de bens duráveis ou descartáveis – percentual esse correspondente à soma das pessoas que reciclam tudo ou quase tudo.

Como a pesquisa não dá espaço à voz do votante, já que é quantitativa e não qualitativa, fico sem saber se os motivos pelos quais aqueles que dizem que não reciclam ou reciclam raras vezes se deve à pura e simples falta de atenção com o meio ambiente ou devido às dificuldades impostas pelo local em que moram, como a falta da coleta de lixo seletivo, falta de cooperativas de catadores e assim por diante.

De toda forma, está no ar uma nova enquete, ali na coluna da direita. E desta vez pergunto: Você está feliz com seu trabalho? Dê uma olhada e escolha a alternativa que mais fecha com seu sonho de vida. A nova enquete vai ficar no ar até o fim do mês de setembro.

 

Terça-feira, 7 de setembro de 2004 – Pesquisa eleitoral

TRIMMM…
– Alô!?
– Alô! Com quem falo?
– Com quem quer falar?
– Aqui é Carlos Nascimento, do Pesquisas Populares. Desculpe incomodar neste horário, o senhor está muito ocupado?
– Pesquisa? Do IBOPE?
– Sim, é uma pesquisa. Mas sou do Pesquisas Populares, não do IBOPE! Estamos realizando uma pesquisa sobre as próximas eleições e gostaríamos de saber se o senhor poderia participar.
– Hummm… Vai demorar?
– A pesquisa é rápida. São só algumas perguntas.
– Então tá bom! Se for rápido…
– Para sua conferência, o meu código de pesquisador é 165850 e o telefone de nossa Central de Pesquisas, para esclarecimento de quaisquer dúvidas é 555-5555. Posso começar?
– Vai…
– Primeiro, seus dados de identificação: primeiro nome?
– João.
– Sexo?
– Macho! Muito macho!
– Certo, masculino…
– Estado civil?
– Casado. Muito bem casado!
– Tá… Cor?
– Vermelho. Colorado de coração!
– Vermelho? Hahaha! Não sua cor preferida! Cor da pele!
– Sou negrão com muito orgulho!
– Casa própria ou alugada?
– Própria. A muito custo neste país!
– Grau de escolaridade?
– Terminei a oitava série.
– Profissão?
– Motorista de ônibus.
– Certo. Poderia dizer a renda familiar, mais ou menos?
– Ah! Com o dinheiro da patroa, que vende comida pronta, dá uns 5 salários…
– Ótimo! Agora vamos às demais perguntas da pesquisa: em quem você vai votar para Prefeito?
– Prefeito? Vou de Valdeci! Na cabeça!
– Ah, tá… Do PT, né?
– E para Governador, votas em quem?
– Vou votar no Olívio! O bigode no Piratini!
– Olívio? Tem certeza? Vou colocar aqui hein? Não vai se arrepender!
– Pode colocar!
– E para Senador, em quem vai votar?
– Vou votar no Paim, no Paulo Paim.
– No Paim? Hummm… Aquele “da cor” do PT, né?
– Como?
– Nada, nada não… Só mais uma pergunta: em quem o senhor vai votar para presidente da República? É a decisão mais importante de todas!
– Ah! Pra presidente vou votar no Lula!
– No Lula? Não, você só pode estar brincando!
– Ué? Por quê?
– Não vou colocar isso aqui! Vou colocar Serra!
– O quê? Mas não pode!
– Ah! Vou sim! Você já votou em todos do PT! Colocou prefeito do PT, governador do PT e até senador do PT! Vou colocar seu voto para presidente no Serra…
– Você ta louco? Coloca Lula aí! Onde já se viu uma coisa dessas?
– Me nego a colocar esse PTzão aqui! Como você pode votar em um quase analfabeto? Vou marcar o Serra aqui!
– Olha aqui seu filha da puta! Ou você coloca aí que eu vou votar no Lula ou te quebro os cornos!
– Ah, pára! Um cara que nem eu, com curso superior, consegui este emprego no Pesquisas Populares para aumentar minha renda, não vou deixar você, quase analfabeto também fazer essa besteira!
– Seu desgraçado! Vou descobrir onde tu mora e vou aí rachar tua cara! Tu não tem ética seu filho duma mãe? E a imparcialidade do pesquisador? Eu sabia que essas pesquisas eram todas uma fraude. Como você pode mudar minha opinião?
– Mas vem cá: me dá um argumento para você votar no Lula. Umzinho só!
– Que argumento o caramba! Você vai botar aí que eu vou votar no Lula e ponto final! Olha que eu tenho amigos na imprensa e eles vão denunciar esta tua pesquisa de merda!
– Pfu! Denuncia nada! O Pesquisas Populares é acima de qualquer suspeita! Tem tradição e credibilidade, ninguém vai acreditar! Me diz aí: dá só um argumento pra você votar no Lula. Te dou vários para você votar no Serra!
– Então, me diz 1 motivo pra eu votar no Serra!!!
– Ah! Porque o titio.. hã… porque o Serra foi o responsável pelo lançamento dos genéricos. Não é um bom motivo?
– O Serra é teu tio?
– Que nada… De onde tu tirou isso? Olha só: vou colocar o Serra aqui porque senão o Lula ganha fácil essa pesquisa. Assim fica mais emocionante.
– Olha aqui! Já te falei seu corno! Se você botar Serra aí na pesquisa vou aí e te enfio a mão!
– Então tá! Marquei Serra aqui na sua pesquisa! Muito obrigado pela colaboração e tenha uma boa tarde seu João!
– Espera aí seu…
Tu tu tu tu tu…

Células-tronco

Células-tronco e a Lei de Biossegurança

Células-troncoA Lei de Biossegurança busca, em uma só tacada, regulamentar dois assuntos bastante polêmicos: a produção e comercialização de organismos geneticamente modificados (popularmente chamados de transgênicos) e a pesquisa com células-tronco.

Hoje o Supremo Tribunal Federal em Brasília definirá e regulamentará a utilização de células-tronco embrionárias – aquelas advindas de embriões congelados para inseminação artificial ou por outro método de fertilização in vitro – para a pesquisa científica.

 

Continue reading

Qual é o melhor programa cultural para o Domingo?

Resultado da pesquisa da semana passada:

Ler, escutar música e assistir filmes
46.7%    
 
Passear com o ser amado e o cachorro no parque
20%    
 
Dormir, dormir, comer e dormir
16.7%    
 
Fuçar na internet da hora em que acordar até a hora de dormir
10%    
 
Assistir o Circo do Faustão e torcer para seu artista preferido
6.7%

Blequanowska standard bezzourattas post

         Yesterday, dois guaranaz sem acento, doubled the garatuja tropanowsky dimperbass este texto sohmennte um teste que faz parte de um novo metodo sendo testado carangolopoles 976th7465gt130cv.

         This is just an text sample to test a new method to evaluate search tools positioning blurrrbgh 769ujk8732hj40l.

         Vahrrrias palavras naum existents foram hincluidas para pesquisa posterior nas ferramentas de busca.

        You can later look for blurrrbgh, carangolopoles, 769ujk8732hj40l, or the entire text in a search tool to see what rank your site reached on it compared to other wesites that did the same thing.

     New test will not occur June, 15, same time. Novo teste naumserah feito no dia 15 de junho as 22 horas GMT -3:00. Nowtransmissionends.

Corrupção na política: eleitor vítima ou cúmplice?

O IBOPE liberou uma pesquisa polêmica acerca da opinião do eleitor brasileiro sobre corrupção é ética. As conclusões, antecipo, revelam algo alarmante: todo povo tem os governantes que merece. Temos, nos representando no Congresso Nacional e nas Assembléias Legislativas e nas Câmaras de Vereadores representantes legítimos do povo brasileiro. Apesar de ter sido publicada em 2006, não foi suficientemente debatida ou comentada. 

A pesquisa foi feita para tentar entender se os problemas éticos enfrentados pela sociedade brasileira são realmente concentrados nas elites detentoras do poder ou se existe uma conduta que se propaga em todas camadas da sociedade.

Os resultados mostraram que 69% dos eleitores brasileiros já transgrediram alguma lei ou ou descumpriram alguma regra contratual de forma consciente e intencional para adquirir ganhos materiais, sendo que 75% afirmaram que cometeriam algum dos 13 atos de corrupção avaliados pelo estudo se tivessem oportunidade. Ainda, 99% dos entrevistados disseram que conhecem alguém que já realizou algum dos atos mencionados a seguir:

 

1. Quando tem oportunidade, tenta dar uma "caixinha" ou "gorjeta" para se livrar de uma multa

2. Sonega impostos

3. Recebe benefícios do governo, sabendo que não tem direito a eles

4. Adquire documentos falsos ou falsifica documentos para obter algum tipo de vantagem (exemplo: identidade, carteira de motorista, carteirinha de estudante, diploma etc)

5. Quando tem uma oportunidade, pede mais de um recibo por um mesmo procedimento médico para obter mais reembolso do plano de saúde

6. Compra produtos que copiam os originais de marcas famosas sabendo que são piratas ou falsificados

7. Quando tem uma oportunidade, faz ligação clandestina ou "gato" de TV a cabo, ou seja, aproveita a instalação do vizinho

8. Quando tem uma oportunidade, faz ligação clandestina ou "gato" de água ou luz

9. Se tem chance, pega ou consome produtos em padarias, supermercados ou outros estabelecimentos comerciais sem pagar

10. Apresenta atestados médicos falsos no trabalho ou na escola

11. Se tem seguro de carro ou de qualquer outro tipo, quando tem uma oportunidade, frauda o seguro

12. Compra algo sabendo que é roubado

13. Falsifica atestado de saúde ou apresenta atestado de saúde falsificado para conseguir aposentadoria precoce (…)

Continue reading