Adeus Coca-Cola…

By rafaelreinehr | Uncategorized

maio 23

Não tendo nada mais importante que fazer, resolvi tomar uma “resolução de ano-novo no meio do ano”: chega de Coca-Cola.

Antes que digam que me afiliei ao partido do Bové (aquele que invadiu uma loja do Mc Donald´s), não tem nada a ver com sentimento anti-americano e o escambau.

Não, não, também sei que meus ossos não vão ficar fracos tomando Coca-Cola (eu sei, sim, eu fiz a experiência com os ossos de galinha no copo de Coca-Cola!).

Tampouco estou sendo pago pela Pepsi ou por outra gigante dos refrigerantes.

Antes que me perguntem o que me levou a fazer isso, respondo:

Há tempos estou tentando entrar em um caminho de melhor alimentação, aumento de atividade física e deixando mais tempo para atividades de lazer e contemplação. Acontece que a ganância faz com que queiramos smepre mais. Mais trabalho para ter mais dinheiro. Sinceramente, e quem me conhece talvez possa opinar, não sou uma pessoa centrada no dinheiro. Quero, sim, em algum momento no futuro ter algo que posso chamar de estabilidade ou segurança financeira, algo como poder trabalhar se quiser e com o que quiser. Atualmente, estou longe disso. Muito longe.

Sempre achava que deveria chegar logo a este momentum de equilíbrio, mas me dei conta que esse momento poderá nunca chegar. Então, vou me equilibrando pra lá e pra cá, trabalhando ainda bastante em relação ao meu objetivo futuro mas não tanto que não me permita o tempo necessário para aproveitar aqui e agora as outras coisas que gosto de fazer (namorar, ler, escrever, fotografar, escutar e tocar música, criar e imaginar).

E a Coca-Cola, inde entra no meio de tudo isso?

Bem, ao mesmo tempo em que a Coca-Cola não é o vilão que muitos apregoam, ela é, sim, um líquido extremamente calórico e desprovido de quaisquer tipo de nutrientes úteis ao bom funcionameno do corpo humano. Ela é água com açúcar, por assim dizer. Engorda mas não alimenta (exceto com energia).

No meu caso, em que o sobrepeso está presente, a retirada deste líquido altamente viciante ajudará muitíssimo na redução destes quilos a mais que teimam em se acumular nos locais mais indesejados.

Não existem várias pessoas tentando parar de fumar? Não poderia eu tentar parar de ingerir Coca-Cola? E isso vale para a Coca normal e para a light (que detesto).

Estarei colocando um “Coquímetro” ali na direita, que indicará os dias sem Coca-Cola deste intrépido aventureiro. Obviamente, não esperem que atualize diariamente o Coquímetro. Ele será atualizado na mesma freqüência aperiódica errática com que este ser atualiza o blógue.

Mais errática ainda em função da construção do Novo Escrever Por Escrever, em menos de 2 meses. As obras estão em andamento, e a casa ficará supimpa. Verdes céus e folhas azuis a quem viver para ver.

Para terminar psicodelicamente, olhem isto.

Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.