João Ubaldo nas Amarelas

By rafaelreinehr | Uncategorized

maio 19

Entrevista nas Amarelas de Veja nesta semana, João Ubaldo Ribeiro.

Perguntado acerca do sistema de cotas nas universidades, largou a seguinte afirmação:

“- Essa idéia de cotas embute, no fundo, uma visão equivocada: aquela que enxerga a questão da escravidão como um problema de origem racial.”

Ué? E não é, pensei comigo. Mas foi por pouco tempo. O jornalista então pergunta:

VejaE não é?

UbaldoNão existe nada mais falso do que isso. Ao longo da história, os escravos sempre foram os vencidos, e não necessariamente os negros. Na maior parte das civilizações, os escravos eram brancos. Os hebreus foram escravos dos egípcios, por exemplo. Não foram os portugueses que escravizaram os africanos. Eles trouxeram nos navios negreiros pessoas que já haviam sido escravizadas em sua nação de origem. Eram negros escravizando negros. As nações da África do início do ciclo das grandes navegações nunca tinham ouvido falar na existência dos brancos. Acreditavam que a humanidade era negra. Achavam-se, assim, tão diferentes dos vizinhos que falavam outra língua, cultuavam outros deuses e comiam outra comida quanto um inglês se acha diferente de um francês, de um alemão ou de um napolitano. A suposta irmandade entre negros passou a existir quando eles foram unificados na categoria de escravos.

Faz pensar.

(2) comments

Add Your Reply