Estranha Picanha

Posted By Rafael Reinehr on ago 20, 2006 | 1 comment


        Naquela sexta-feira a churrascaria estava cheia. O cheiro de carne e fumaça impregnava roupas e cabelos. Amílcar, como de costume, trazia sua própria carne e pedia para o churrasqueiro da casa assá-la, enquanto ficava bebericando sua caipirinha e observando o movimento.

        Genésio, o assador, nunca entendera aqueles estranhos cortes de carne que Amílcar trazia, até ver a cara do freguês estampada na capa do jornal.

        Naquela sexta-feira a churrascaria estava cheia. O cheiro de carne e fumaça impregnava roupas e cabelos. Amílcar, como de costume, trazia sua própria carne e pedia para o churrasqueiro da casa assá-la, enquanto ficava bebericando sua caipirinha e observando o movimento.

        Genésio, o assador, nunca entendera aqueles estranhos cortes de carne que Amílcar trazia, até ver a cara do freguês estampada na capa do jornal.

Compre-me um caféCompre-me um café
Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.

1 Comment

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: