Recuperando e adaptando a tradição dos Quilting Bees

Posted By Rafael Reinehr on dez 4, 2011 | 2 comments


No século XIX, uma tradição interessante era reunir amigos e vizinhos em torno de uma mesa e confeccionar, juntos, uma espécie de “tapete”, chamado quilt. Embora em muitos casos o objetivo era apenas acelerar o processso de confecção do quilt, em tantos outros o que importava era o lado social, o encontro de amigos, a convivialidade e a manutenção de laços humanos.

Geralmente, ao final do dia (o quilting bee durava um dia inteiro), se fazia um jantar para todos participantes, quase sempre com frango assado e outros acompanhamentos.

quiltingbee

A recuperação desta tradição, na sociedade atual, poderia ser responsável por um retorno de valores que temos perdido nas últimas décadas: a cooperação, o trabalhar junto, pensar junto, confraternizar e sonhar juntos.

Mais do que encontros humanos para apenas conversar, beber, dançar – encontros para FAZER juntos, para produzir – literatura, música, quilts ou qualquer objeto, produto ou criação que permaneça – podem ressignificar as vidas de quem participa de tal ocasião.

Aqui na cidade temos um grupo de encontro relacionado à literatura chamado Amadores de Palavras. Nos encontramos mensalmente, às segundas-feiras e, a partir deste mês, nos encontraremos todas às segundas-feiras para trocar experiências literárias, recitar poesias, ler contos, crônicas, críticas literárias e, a partir da próxima segunda, estaremos também criando nosso “quilting bee”: a cada semana, um tema diferente para que escrevamos. Cada um deverá desenvolver o tema – se se sentir confortável com ele – e levar algum escrito feito durante a semana.

Os resultados disso, além de uma eventual futura publicação dos textos compilados? Ainda estamos para descobrir. E você? Que tal reunir seus amigos e formar também uma confraria, um “quilting bee” moderno?

Compre-me um caféCompre-me um café
Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.

2 Comments

  1. Permitir a comunidades de prática liderar projetos de renovação em uma abordagem de escala de bairro é a maneira mais efetiva em termos de custos para garantir que nossas aldeias, cidades e metrópoles se preparem para o futuro e criem as condições para as pessoas prosperarem. Múltiplos benefícios podem ser atingidos ao se empoderar grupos comunitários na união para tentar resolver os temas de prioridade local e para trabalhar em parceria com as autoridades, empresas e organizações sem fins lucrativos. Melhorias na nossa infraestrutura física podem lidar com a mudança climática, proporcionar redes de transporte eficiente e de qualidade, melhorar a saúde e o bem-estar, assegurar um ambiente natural saudável, aumentar o estoque de moradia de longo prazo, maximizar oportunidades de emprego e fazer nossas comunidades mais seguras e coesas. O Futuro é Local é um movimento que defende uma abordagem integrada e baseada na região para melhoria da infraestrutura da comunidade e o retrofit de prédios. (do site, The Future is Local)

    Post a Reply

Deixe uma resposta para Rafael Reinehr Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: