Posts Tagged "livros"


 

 

Uma das grandes virtudes do meio virtual – internet, blogs, e-mails – é poder aproximar pessoas afins. Consigo, a partir de uma rápida busca, encontrar pessoas que dividem comigo o gosto pela gastronomia, música, fotografia, cinema, literatura…

Um dos projetos que tenho a tempos é o de fomentar um Clube de Leituras na internet. O Alex já fez isso e o Idelber também, ambos com bastante sucesso nas suas edições, apesar do curto prazo que duraram. Naquela época não consegui participar de nenhum e creio que chegou o tempo de organizar o Clube de Leituras do Escrever Por Escrever.

Para que possamos fazer desta jornada literária uma experiência agradável e duradoura, precisaremos de algumas diretrizes básicas, quais sejam:

1O livro a ser discutido no Clube de Leituras será definido sempre pelo menos 30 dias antes, possibilitando ao leitor tempo suficiente para ler com calma e fazer as anotações necessárias à discussão que sobrevirá

2Serão muitíssimo bem-vindas sugestões de livros a serem lidos e discutidos. As sugestões de livros podem ser feitas através do sistema de comentários do site ou através do Formulário de Contato.

3A discussão do livro se dará na caixa de comentários do post que apresenta o livro, a partir da data programada e perdurando “oficialmente” por uma semana, dando oportunidade para réplicas e tréplicas aos comentários acerca do livro. Não há uma data “não-oficial” para a conclusão do debate, já que os comentários não serão fechados após a semana ter se encerrado.

4O debate é aberto a todo e qualquer leitor do livro em questão, não sendo necessária qualquer preocupação com erudição ou falta da mesma. Todos os comentários serão respeitados como uma opinião pessoal, pois somente um ser completamente estúpido poderá julgar-se como dono da verdade em uma crítica literária.

5São esperados, nos comentários do Clube de Leituras do Escrever Por Escrever citações de trechos interessantes do livro, análise dos personagens, contexto histórico, análise do discurso, dificuldades na leitura ou simplesmente os motivos pelos quais você gostou ou não do livro. O espaço do debate é seu, assim como o ponto-de-vista.

6Além do espaço dos comentários, todos aqueles blogueiros que quiserem postar algo em seus blogs sobre o livro estão, desde já, devidamente convidados. O post oficial do Clube de Leituras irá linkar todos os blogs que resenharem o livro discutido a fim de criar uma hiperligação de leituras relevantes acerca da obra analisada e todos os leitores possam passear pelas impressões registradas nestes blogs.

Começamos já a definir qual livro estreará nosso Clube de Leituras.

Eu tenho uma sugestão, e você, tem alguma? Tão logo possamos definir o livro a ser devorado, possamos estabelecer a data da discussão do livro. Agora é contigo, digníssimo leitor!

Vamos iniciar com qual obra da literatura mundial?

 

Read More

A leitura transformou-se de instrumento de lazer em peça de uma engrenagem utilizada para compensar as angústias de um mundo normalizado, individualista e competitivo. São poucos entre nós que conseguem comer e sentir o devido gosto nas refeições. Uma sucessão de garfadas que se sucedem uma em cima da outra, com mínimos espaços para a respiração é a tônica. Como conseqüência, a obesidade encontra-se em índices epidêmicos. Até as relações sexuais parecem que passaram a ser feitas por obrigação e precisam terminar o quanto antes para que se possa assistir ao filmezinho ou fazer outra coisa qualquer (dormir para enfrentar o dia seguinte?)… Sintomas conversivos e psicossomáticos são realçados neste mundo sem sentidos, em que o corpo oblitera até onde agüenta a angústia da crise de percepção mas cedo ou tarde acaba cedendo à pressão que vem de todos os lados.” (Um mundo operário, um mundo literário, de Rafael Reinehr)

Propaganda ChinaEsta semana escrevi um Editorial no Simplicíssimo acerca da degradação do mundo atual incluindo-se aí a decadência do lazer e do aprendizado em detrimento do trabalho e da anestesia, e o trecho acima é um excerto daquele texto.

 

Hoje, enquanto conversava com uma nova paciente acerca das opções humanas entre priorizar o “ter” ou o “ser”, sobre a influência das mídias de massa em especial a televisão, oferecendo circo e anestesia, oferecendo produtos comerciais antes de mais nada (a televisão só existe da maneira como hoje se estrutura em função dos anunciantes que a mantém), me dei conta de uma coisa ao mesmo tempo reveladora, significativa e surpreendente:

 

O Livro, tal como nós o conhecemos atualmente e desde sempre, é o último reduto livre da mídia de massa moderna. Podemos folhear um livro desde o Prefácio até a derradeira palavra “FIM.” sem corrermos o risco de darmos de cara com um anúncio de telefone celular, de um banco, empresa de seguros, loja de roupas ou eletrodomésticos ou qualquer outro tipo de propaganda.

 

O Livro é, ainda, um santuário dedicado à contemplação, ao exercício e ao ensinamento do “ser” em contraposição ao “ter”.

 

Depois desta constatação (creio que original, posto que não tenho visto ninguém comentar acerca do assunto em lugar algum), vamos ver quanto tempo leva para o primeiro livro com “anúncios” ser Livro da Vidalançado no mercado. O que me deixa tranqüilo é que meus três leitores são de confiança e não vào ficar espalhando esta idéia aos quatro ventos, ainda mais que seria totalmente surreal abrir o livro “Os Irmãos Karamazóv” e encontrar lá dentro um anúncio de “Importação legalizada de AK-47” ou então um anúncio de uma nova marca de cigarro. Imagine você, fiel, na igreja e o padre, pastor ou whatever pedindo pra você abrir a Bíblia no Livro de Eclesiastes, Capítulo tal, versículo tal, logo abaixo da imagem do novo modelo de automóvel da marca “Fod-se”.

Se você acha absurda esta idéia e acredita que isso nunca vai acontecer – me refiro (este trecho entre travessões é para os meio-entendedores) ao advento dos anúncios e propagandas e livros de todos os tipos (crônicas, contos, poesias e livros técnicos) – não precisa esperar sentado. Não dou uma década para que isso aconteça. E nada impede que ainda aconteça neste ou no próximo ano!

 

A necessidade em ocupar espaços do ser humano é algo impressionante. Só me admiro que ninguém tenha pensado nisso antes! Ou, se pensaram, graças aos bons ventos não levaram adiante a idéia de concretizar esta sandice.

 

Se você tem opinião sobre o fato de que os livros possam passar a ser utilizados como meio de propaganda através de anúncios visuais ou até mesmo da forma que os blogs são utilizados hoje – com anúncios entremeados ao seu texto através de “merchandising” ou mesmo de “colocações pagas”, deixe sua impressão nos comentários. Para ler meu editorial no Simplicíssimo, clique em Um mundo operário, um mundo literário.

 

E segue o baile, pois “se Deus não existe, tudo é permitido”.

 

Read More

 

 

Martins LivreiroDurante meus primeiros anos em Porto Alegre, de 1991 a 1993, morei no terceiro andar de um prédio no qual, no térreo, estabelecia-se a Livraria Martins Livreiro, que vendia livros novos e usados e era um dos meus locais preferidos de peregrinação atrás de usados.

Agora, fiquei sabendo através do boletim da Associação Gaúcha de Escritores (AGES) que a Prefeitura de Porto Alegre e a Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL) firmaram uma parceria para criar o Caminho do Livro, nome dado ao trecho da Rua Riachuelo ente a Avenida Borges de Medeiros e a Rua General Câmara, onde a partir de 9 de agosto ocorrerão as atividades da Feira do Caminho do Livro.

Todos os sábados, das 10 às 16h, ocorrerá no recuo das calçadas em frente às diversas livrarias que existem no trecho uma feira de livros e várias atividades de estímulo à leitura. Serão expostas caixas de saldos e alguns expositores inscritos instalarão seus postos de venda ao longo do caminho. Para complementar a Feira do Caminho do Livro, ocorrerão apresentações artísticas, contações de histórias, sessões de autógrafos e bate-papos com escritores. A belíssima iniciativa é aberta para livreiros, editores e distribuidores de livros da Região Metropolitana, bem como para escritores que queiram participar em algum momento da Feira em encontros, sessões de autógrafos, lançamentos ou através da contação de histórias.

Os autores que desejarem participar devem entrar em contato via e-mail com sonia@camaradolivro.com.br ou pelo telefone da CRL (51) 3225-5096. Os eventos ocorrerão sempre aos sábados, com interrupção 15 dias antes da Feira do Livro de Porto Alegre e reiniciarão 25 dias após.

Agradeço ao vice-presidente administrativo da AGES, Oscar Bessi Filho, pelas informações acima.

 

Read More

Ando a mil…

Esse vai ser um pôust pessoal. Já aviso para que os sedentos por cultura parem por aqui ou pulem direto para o final.

Nos últimos dias, numerosas, velozes, intrigantes e interessantes COISAS tem acontecido em minha vida.

Por exemplo:

– Meu curso de extensão em Cinema está chegando ao final e, de 9 a 12 de dezembro estaremos em Silveira Martins, cidade de colonização italiana do interior do Rio Grande do Sul rodando um curta-metragem chamado "O Envelope Azul", roteiro e direção de Lunara Dias, no qual estou fazendo a Direção ed Produção, e farei também a Assistência de Fotografia e a Fotografia Still. Correrias espetaculares para tudo estar pronto a tempo…

– Entrei em uma empresa de Marketing de Rede (eis o porque da pergunta pôusts abaixo) e estou extremamente empolgado com as possibilidades de Tempo que virei a ganhar no futuro, assim como com a minha performance até agora. Sucesso!

– Batalhando pra caramba na organização de uma Clínica Médica que pretendo instalar na cidade de Agudo, com 13 especialidades. Trabalho na reforma, compra de equipamentos para todos os médicos, design, publicidade, contratos e outras questões jurídicas e legais.

– Virei médico de piscina… O exército está agora nos obrigando a realizar exame médico no Círculo Militar, fora do Hospital onde fui designado. Palhaçada. Sem mais o que dizer…

– Participei da Fundação do Foto Clube de Santa Maria, na última quinta-feira. Seré uma ótima oportunidade para
aprimorar meus conhecimentos com pessoas que já perambulam pelo meio por muito mais tempo que este neófito no mundo da fotografia.

– Ando lendo muuuuuuuito! Muito mesmo! Pelo menos 1 livro por semana. Não tenho tempo nem para atualizar o EPE justamente pois estou lendo e lendo e lendo demais. Faz parte da preparação para alguns projetos que lhes apresentarei no futuro.

E, como não poderia deixar de ser, aproveito o espaço para fazer uma propaganda do Submarino, que anda imperdível! De hoje até o dia 2 de dezembro, milhares de LIVROS com frete grátis e preços espetaculares. Só indo conferir! Clica no botão aí embaixo e deixe 8% de comissão para este seu amigo poder, quem sabe, comprar mais um livro para devorar depois que sair desta tormenta que é o Exército Brasileiro. Mais de 70.000 livros com até 70% de desconto… Estou vendo que o Papai Noel vai ter o que carregar neste saco neste Natal!

Read More
%d blogueiros gostam disto: