Mestiço Miscigenação
Apontamentos Anarquistas

TAZ – Zona Autônoma Temporária – Hakim Bey – Fomos para Croatã (parte V de VII)

Mestiço MiscigenaçãoFomos para Croatã” e A Música como um Princípio Organizacional

Nestes dois capítulos, Bey cita alguns exemplos históricos de comunidades que sobreviveram temporariamente sob ideais anarquistas e fala sobre a miscigenação das raças, citando Nietzsche, que impressionado pela beleza e vigor das culturas híbridas, enxergou na mistura das raças não só uma solução para os problemas da raça mas também um princípio para uma nova humanidade, livre dos preconceitos étnicos e nacionalistas – um precursor do “nômade psíquico”, talvez. Infelizmente, ainda hoje em dia, as culturas mestiças permanecem submersas.

Surgem exemplos como a colônia Roanoke, os Antinomianos, os familistas, quakers patifes, levellers, diggers e ranters, a ilha de Tortuga, Libertatia, os ramapaughs, os ben-ismaelitas, os kallikaks, a Modern Times, os falanstérios (…) que podem ser facilmente pesquisados em qualquer enciclopédia.

Há também o curioso caso da República de Fiume, criada por Gabriele D’Anuzzio, “poeta decadente, artista, músico, esteta, mulherengo, doidivanas aeronauta pioneiro, bruxo negro, gênio e mal-educado”, que emergiu da Primeira Guerra como herói e com um pequeno exército a seu dispor. Louco por aventura, decidiu capturar a cidade de Fiume na Ioguslávia e entregá-la à Itália. Quando foi ofertar a cidade, a Itália a recusou e o primeiro-ministro lhe chamou de idiota.

Música princípio organizacionalD’Anuzzio decidiu então declarar a independência e, com seus amigos anarquistas escreveu a Constituição, que instituía a música como princípio central do Estado. Artistas, boêmios, aventureiros, anarquistas, fugitivos, refugiados, homossexuais, dândis militares, excêntricos reformadores de todas as espécies (budistas, teosofistas e seguidores do vedanta) começaram a aparecer de todos os cantos.

A festa era contínua. Toda manhã, de seu balcão, D’Anuzzio liz poesias e manifestos. Dezoito meses depois, quando o vinho e o dinheiro tinham acabado, a frota italiana finalmente chegou e, com um par de projéteis arremessados contra o Palácio Municipal, estava finda a festa. Ninguém tinha energia para resistir.

É também digna de nota a existência do soviete de Munique de 1919, que tinha como principais membros Gustav Landauer como Ministro da Cultura, Silvio Gesell como Ministro da Economia e outros militantes contra o autoritarismo e socialistas extremamente libertários como Eric Müsham, Ernst Toller e Ret Marut. Landauer passou anos realizando uma grande síntese de Nietzsche, Proudhorn, Kropotkin, Stirner, Meister Eckhardt, os místicos radicais e os românticos filósofos populares e sabia que o soviete estava com os dias contados. Esperava apenas que durasse o suficiente para ser compreendido.

Kurt Eisner, o fundador do soviete, acreditava sinceramente que os poetas e a poesia deveria formar a base da revolução. Planejava-se reservar parte da Bavária para um experimento em comunidade com economia anarco-socialista. Landauer escreveu uma proposta para uma Escola Livre e um Teatro do Povo.

É, ainda não foi dessa vez que uma experiência libertária comunitária emplacou de vez…

Toda a série TAZ – Zona Autônoma Temporária:

TAZ – Zona Autônoma Temporária – Hakim Bey – Utopias Piratas (parte I de VII)

TAZ – Zona Autônoma Temporária – Hakim Bey – Esperando pela Revolução (parte II de VII)

TAZ – Zona Autônoma Temporária – Hakim Bey – Psicotopologia da Vida Cotidiana (parte III de VII)

TAZ – Zona Autônoma Temporária – Hakim Bey – A Internet e a Web (parte IV de VII)

TAZ – Zona Autônoma Temporária – Hakim Bey – Fomos para Croatã (parte V de VII)

TAZ – Zona Autônoma Temporária – Hakim Bey – A Ânsia de Poder como Desaparecimento (parte VI de VII)

TAZ – Zona Autônoma Temporária – Hakim Bey – Caminhos de Rato na Babilônia da Informação (final)

Que tal conteúdo assim no seu e-mail todos os Domingos? Todas as semanas, envio um boletim criado exclusivamente para Aprendizes de Alquimia, assim como você, com conteúdo exclusivo sobre Desenvolvimento Humano, Crescimento Pessoal, Saúde, Aptidão Física, Meditação, Ayurveda, Psicologia Positiva, Ciência da Felicidade e do Hábito ou algum assunto que eu esteja estudando e passe pelo meu radar.


Quintessencial

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ei, espere!

Antes de sair, considere assinar nosso boletim, e receber textos inspiradores todos os Domingos.

%d blogueiros gostam disto: