quiltingbee
Saúde da Sociedade

Recuperando e adaptando a tradição dos Quilting Bees

No século XIX, uma tradição interessante era reunir amigos e vizinhos em torno de uma mesa e confeccionar, juntos, uma espécie de “tapete”, chamado quilt. Embora em muitos casos o objetivo era apenas acelerar o processso de confecção do quilt, em tantos outros o que importava era o lado social, o encontro de amigos, a convivialidade e a manutenção de laços humanos.

Geralmente, ao final do dia (o quilting bee durava um dia inteiro), se fazia um jantar para todos participantes, quase sempre com frango assado e outros acompanhamentos.

quiltingbee

A recuperação desta tradição, na sociedade atual, poderia ser responsável por um retorno de valores que temos perdido nas últimas décadas: a cooperação, o trabalhar junto, pensar junto, confraternizar e sonhar juntos.

Mais do que encontros humanos para apenas conversar, beber, dançar – encontros para FAZER juntos, para produzir – literatura, música, quilts ou qualquer objeto, produto ou criação que permaneça – podem ressignificar as vidas de quem participa de tal ocasião.

Aqui na cidade temos um grupo de encontro relacionado à literatura chamado Amadores de Palavras. Nos encontramos mensalmente, às segundas-feiras e, a partir deste mês, nos encontraremos todas às segundas-feiras para trocar experiências literárias, recitar poesias, ler contos, crônicas, críticas literárias e, a partir da próxima segunda, estaremos também criando nosso “quilting bee”: a cada semana, um tema diferente para que escrevamos. Cada um deverá desenvolver o tema – se se sentir confortável com ele – e levar algum escrito feito durante a semana.

Os resultados disso, além de uma eventual futura publicação dos textos compilados? Ainda estamos para descobrir. E você? Que tal reunir seus amigos e formar também uma confraria, um “quilting bee” moderno?

Que tal conteúdo assim no seu e-mail todos os Domingos? Todas as semanas, envio um boletim criado exclusivamente para Aprendizes de Alquimia, assim como você, com conteúdo exclusivo sobre Desenvolvimento Humano, Crescimento Pessoal, Saúde, Aptidão Física, Meditação, Ayurveda, Psicologia Positiva, Ciência da Felicidade e do Hábito ou algum assunto que eu esteja estudando e passe pelo meu radar.


Quintessencial

Gostou deste post? Se ele lhe ajudou, que tal doar 1 real para que continuemos produzindo conteúdo assim?
Doação Única de Qualquer Valor via PagSeguro: https://pag.ae/blhvRmR
Regras para comentários: Tudo OK criticar, mas se você trolar, seu conteúdo será deletado. Divirta-se e obrigado por somar à conversação.

2 Comentários

  • Marcos Bidart de Nov

    Permitir a comunidades de prática liderar projetos de renovação em uma abordagem de escala de bairro é a maneira mais efetiva em termos de custos para garantir que nossas aldeias, cidades e metrópoles se preparem para o futuro e criem as condições para as pessoas prosperarem. Múltiplos benefícios podem ser atingidos ao se empoderar grupos comunitários na união para tentar resolver os temas de prioridade local e para trabalhar em parceria com as autoridades, empresas e organizações sem fins lucrativos. Melhorias na nossa infraestrutura física podem lidar com a mudança climática, proporcionar redes de transporte eficiente e de qualidade, melhorar a saúde e o bem-estar, assegurar um ambiente natural saudável, aumentar o estoque de moradia de longo prazo, maximizar oportunidades de emprego e fazer nossas comunidades mais seguras e coesas. O Futuro é Local é um movimento que defende uma abordagem integrada e baseada na região para melhoria da infraestrutura da comunidade e o retrofit de prédios. (do site, The Future is Local)

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: