Pesquisa Remuneração
Terapias de bem-estar

Você está feliz com seu trabalho?

Entre primeiro de setembro e primeiro de outubro de 2008, realizei uma pesquisa aqui no site para tentar entender o que as pessoas que aqui chegam sentem em relação ao trabalho, bem-estar e à remuneração que se vincula com este trabalho e este bem-estar.

O resultado foi o seguinte:

Pesquisa Remuneração

A conclusão a que cheguei analisando os dados acima foi que uma grande parte das pessoas prefere não “viver somente para o trabalho”, mesmo que isso represente um incremento substancial (100%) da renda. Chegando a um patamar que lhes dê conforto, segurança e estabilidade financeiras, os votantes na opção “12 mil reais” preferem utilizar seu tempo com lazer ou outras atividades que lhes preencham do que utilizar as demais horas trabalhando mais para alcançar uma maior renda.

Me surpreendi com o grande percentual (32,2%) de pessoas que ficariam satisfeitas com uma rende de 3 mil reais para fazer 100% do tempo somente aquilo do que gostam. É claro que esta pesquisa sofre um grande viés: não leva em conta a remuneração atual do indivíduo que está votando. Ou seja, para alguém que ganha 1000 reais por mês, passar a ganhar 3 mil e fazer somente o que lhe dá prazer parece uma proposta aprazível. Mas e para quem ganha 24 mil, será que conseguiria passar a receber 3 mil e ficar plenamente satisfeito?

Obrigado a todos que votaram. Me ajudaram a pensar mais sobre o assunto. Ainda preciso de tempo para decidir por que caminho seguir. Quando decidir, compartilho com vocês a decisão.

Que tal conteúdo assim no seu e-mail todos os Domingos? Todas as semanas, envio um boletim criado exclusivamente para Aprendizes de Alquimia, assim como você, com conteúdo exclusivo sobre Desenvolvimento Humano, Crescimento Pessoal, Saúde, Aptidão Física, Meditação, Ayurveda, Psicologia Positiva, Ciência da Felicidade e do Hábito ou algum assunto que eu esteja estudando e passe pelo meu radar.


Quintessencial

6 Comentários

  • Rafael Reinehr

    Trabalhar para ganhar menos…
    Parece um contrasenso, mas estou trabalhando para ganhar menos. Ou pelo menos, para em um futuro não muito distante não depender tanto do meu trabalho direto para gerar renda. Entendo e aceito como válida sua sugestão de “percentuais” para a pesquisa. Cheguei a pensar nisso mas achei complicado para o blog. Poderia funcionar melhor se eu fosse capaz de explicar verbalmente a pesquisa, acho.

    Também não expliquei se os 24 mil são brutos ou líquidos. No caso, se a pessoa para ganhar 3 mil não gasta mais do que mil reais para “manter o nível de vida” e a de 24 mil necessita gastar 6 mil para seguir ganhando os 24, isso não foi aventado. Por exemplo, em um consultório médico você começa o mês negativo (aluguel, condomínio, secretária, luz, telefone, impostos, taxas de conselho e prefeitura, material de escritório, café e quitutes, etc)…

    São tantas variáveis… mas na verdade não quis ser tão específico, quis apenas tentar imaginar o que o leitor faria se estivesse no meu lugar.

    Obrigado pelo comentário.

  • Mahai

    Estes 72 mil seriam a manutenção de um padrão de vida em 3 mil durante o período ganhando 24 mil. Ou seja, dois anos de trabalho intenso proporciona uma

  • Mahai

    Teus números foram altos, para um padrão. Por exemplo, será que não vale a pena passar 2 anos ganhando 24.000, com padrao de gastos de 3000? Depois de juntar R$ 504.000,00 ((24 meses X R$24.000,00= R$576.000,00)

  • Mahai

    Teus números foram altos, para um padrão. Por exemplo, será que não vale a pena passar 2 anos ganhando 24.000, com padrao de gastos de 3000? Depois de juntar R$ 504.000,00 ((24 meses X R$24.000,00= R$576.000,00)

  • Mahai

    Rafael
    Eu acho que teus padrões de remuneração foram muito altos.
    Acho que tu poderia reconduzir a pesquisa relativando em relação a atual remuneração do pessoal que responderia.
    Exemplo: Trabalhar 25% a mais ganhando o dobro ou trabalhar o dobro ganhado 4 vezes mais.
    Reduzir em 25% a jornada perdendo metade do salário, reduzir na metade, perdendo 75%… As opções poderiam ser bem radicais, mas relativas ao momento profissional, ao mercado e perspectivas.
    Teus números foram altos, para um padrão. Por exemplo, será que não vale a pena passar 2 anos ganhando 24.000, com padrao de gastos de 3000? Depois de juntar R$ 504.000,00 ((24 meses X R$24.000,00= R$576.000,00)

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ei, espere!

Antes de sair, considere assinar nosso boletim, e receber textos inspiradores todos os Domingos.

%d blogueiros gostam disto: